Trilha de aprendizagem: construa sua jornada na faculdade!

trilha de aprendizagem
7 minutos para ler

Cursar a faculdade é o sonho de muita gente. Não por menos, afinal, a graduação pode abrir muitas portas, sendo o ponto de partida para a construção de uma carreira profissional. Por isso, vale a pena aproveitar a trajetória acadêmica e utilizá-la como um intenso período de autodesenvolvimento.

Para tanto, a trilha de aprendizagem é um recurso muito interessante! Pensar em formas estratégicas de vivenciar os anos de graduação permite que você se torne protagonista da sua trajetória acadêmica e aproveite ao máximo essa etapa.

Assim, poderá desenvolver suas potencialidades para ingressar no mercado de trabalho com tudo. Quer entender melhor? Então, continue a leitura deste post!

Afinal, o que é trilha de aprendizagem?

A trilha de aprendizagem é a forma como um estudante pode estruturar a sua graduação para alcançar seu objetivo profissional. Desse modo, a trilha tem a ver com personalização da sua rotina de estudos e com o desenvolvimento de habilidades profissionais ao longo do curso.

Construir uma trilha de aprendizagem é muito importante para extrair o melhor dessa etapa da vida e garantir maior proveito durante os anos de curso. O objetivo é elaborar uma espécie de roteiro para adquirir todo o conhecimento e a experiência necessários para ingressar na carreira dos seus sonhos.

Como a trilha de aprendizagem ajuda seus estudos?

Montar uma trilha da aprendizagem traz diversos benefícios para a sua trajetória acadêmica. Veja, abaixo, algumas das principais vantagens dessa estratégia!

Você vai entender melhor sua individualidade

O primeiro passo para construir sua trilha de aprendizagem é entender bem o seu perfil: maiores objetivos profissionais, métodos de aprendizagem que são mais efetivos para você e, também, os tipos de inteligência mais expressivos no seu caso.

Portanto, a trilha da aprendizagem serve como um importante instrumento para descobrir mais sobre a sua individualidade. Esse autoconhecimento é essencial na construção de um perfil profissional diferenciado. Afinal, somente por meio dele você conseguirá reforçar seus pontos fortes e trabalhar nos pontos de melhoria.

Você vai descobrir os melhores métodos de estudo e aprendizagem

Ao refletir sobre quais métodos de estudo dão mais certo no seu caso, você conseguirá assimilar os conteúdos de forma muito mais efetiva. Assim, mais do que garantir um diploma, esses anos de estudo servirão para realmente preparar você para o seu objetivo profissional.

O psiquiatra americano William Glasser (1925–2013), conhecido por criar a Teoria da Escolha para a Educação, afirma que os alunos não aprendem apenas com uma transmissão de informações em aulas expositivas.

Ao contrário, segundo a sua pirâmide da aprendizagem, nossa capacidade de assimilar conhecimento é muito maior quando temos uma postura ativa. Nós aprendemos:

  • 10% do que lemos;
  • 20% do que ouvimos;
  • 30% do que observamos;
  • 50% do que vemos e ouvimos;
  • 70% do que discutimos com outros;
  • 80% do que praticamos;
  • e 95% do que ensinamos aos outros.

Diante disso, você pode pensar estrategicamente em diferentes métodos de aprendizagem e garantir que a sua graduação seja aproveitada da melhor maneira possível.

Você vai se destacar profissionalmente

Por fim, construir uma trilha da aprendizagem pode ajudar você a se destacar profissionalmente no futuro, aumentando bastante a empregabilidade. Afinal, todos os seus passos dentro da graduação serão estratégicos: eles fazem parte de um caminho pensado para alcançar seus objetivos.

Quando terminar o curso superior, você terá na bagagem não apenas os conhecimentos técnicos aprendidos nas aulas, mas também habilidades e competências importantes para a sua profissão.

Se você vai fazer Medicina ou Fisioterapia, por exemplo, pode criar uma trilha com atividades que ajudem a desenvolver um atendimento humanizado, como trabalhos voluntários com impacto social.

Se está cursando Geografia e pretende fazer um mestrado na área, pode, desde o início da graduação, pensar em um projeto de iniciação científica (IC) para tornar o seu histórico acadêmico mais atraente para seleções de pós-graduação.

Se quer trabalhar em uma multinacional após a conclusão do seu curso de Administração, nada melhor do que uma experiência internacional no currículo para aprender uma nova língua. E, para isso, você já precisa saber, desde o primeiro período do curso, que deve manter boas notas para os processos seletivos de intercâmbio.

É possível construir uma trilha de aprendizagem desde o primeiro período?

Sim, é possível construir uma trilha de aprendizagem desde o seu primeiro período da graduação. Aliás, desde antes dele! Por exemplo, é importante superar a euforia de entrar na faculdade e escolher o seu curso com cuidado, já levando em conta o seu perfil.

Antes mesmo de colocar os pés na sala de aula, você já pode começar a desenhar o seu projeto de graduação. Isso ajuda a ter mais clareza no caminho a percorrer e, desse modo, a direcionar a sua gestão de carreira.

Quanto mais cedo você tiver essa sistematização da sua trilha de aprendizagem, melhor conseguirá aproveitar os anos da graduação em favor da sua futura carreira após a formação. Afinal, você deve programar uma sequência de ações que contribuirão para a sua formação.

Como aproveitar sua graduação?

Agora, se a ideia de trilha de aprendizagem ainda está um pouco abstrata, vamos a algumas dicas práticas de como aproveitar a sua graduação. Para começar, reflita sobre o seu objetivo de carreira e os traços mais importantes para o perfil profissional que você precisa desenvolver.

Depois, pense em quais tipos de inteligência você considera mais expressivos no seu caso, pois eles podem impactar muito o seu desempenho nos estudos. Por exemplo, quem tem uma inteligência espacial mais acentuada pode utilizar mapas mentais, gráficos ou ilustrações para assimilar os conteúdos com estímulos visuais.

Após definir onde você quer chegar e quais serão os métodos utilizados na sua trilha de aprendizagem, planeje, também, quais atividades complementares ajudarão no seu desenvolvimento profissional. A dica é criar uma planilha ou mesmo uma relação no caderno com sua grade horária prevista em cada semestre.

Ao lado de cada período, escreva ideias de projetos que podem ser desenvolvidos. As atividades extracurriculares agregam muito valor à sua formação. Algumas ideias são:

  • iniciação científica e outras oportunidades de pesquisa;
  • participação em coletivos de estudantes;
  • experiência em empresa júnior;
  • visitas a congressos e eventos da área;
  • monitoria nas disciplinas do curso;
  • estágios profissionais;
  • trabalhos voluntários;
  • cursos de extensão;
  • programas de intercâmbio internacional etc.

Por fim, não deixe de contar com o apoio da Estácio e os núcleos internos da instituição para planejar a sua trilha de aprendizagem e, também, na hora de colocá-la em prática. Como deu para ver, planejar a sua graduação e a melhor forma de aproveitá-la é muito útil para direcionar suas ações daqui para frente.

Se você gostou das dicas, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e ajude seus colegas a também terem uma graduação de sucesso!

cronograma infalível de estudosPowered by Rock Convert
Você também pode gostar