Entenda os impactos do relacionamento interpessoal para a sua carreira

relacionamento interpessoal
6 minutos para ler

Você já pensou em como elaborar seu plano de carreira? Além de adquirir conhecimentos técnicos e habilidades por meio dos estudos e das experiências, é preciso ter uma boa capacidade de relacionamento interpessoal.

No entanto, o que isso significa na prática? Que impactos os relacionamentos podem exercer em sua trajetória profissional? Como desenvolvê-los de modo adequado? Para responder a essas e outras questões ligadas ao tema, preparamos este conteúdo. Leia até o fim para saber mais e aproveite as informações!

O que é relacionamento interpessoal?

O relacionamento interpessoal é algo que faz parte de nossa rotina: trata-se da conexão que existe entre duas ou mais pessoas em um contexto específico, que pode ser familiar, profissional, de amizade etc. De forma bastante resumida, ele reflete como as pessoas em determinado círculo se relacionam e de quais maneiras essas relações acontecem no dia a dia.

Como os seres humanos são seres sociais, os relacionamentos têm uma grande importância, independentemente do círculo no qual estão inseridos. Por isso, considere as seguintes questões:

  • Com quantas pessoas você fala por semana?
  • Por quais razões esses contatos são mantidos?
  • Qual é a frequência desses diálogos?
  • Como funcionam as trocas (informações, sentimentos, vivências e assim por diante) entre você e cada uma dessas pessoas?

Todos esses aspectos fazem parte do que é o relacionamento interpessoal e de como ele se faz presente em inúmeros âmbitos de nossas vidas. No próximo tópico, explicaremos de modo mais detalhado o impacto dele na profissão.

Quais são os impactos do relacionamento interpessoal para a carreira?

Até aqui, explicamos o que são relacionamentos interpessoais e como eles são importantes em diferentes áreas da nossa vida, não é mesmo? Pois saiba que, no trabalho e nos ambientes corporativos, essa importância tem se tornado ainda maior.

Isso porque não temos a liberdade de escolher quem serão nossos colegas, gestores e chefes. Portanto, é imprescindível saber lidar com as diferenças a fim de superar os desafios profissionais. Afinal, quando uma crise acontece, é a força coletiva que pode contornar a situação.

Pense bem: não deve ser nada agradável trabalhar em um escritório onde o convívio é desgastado e inflexível. Não ter conexão com ninguém ou se isolar por completo tende a ser extremamente prejudicial em incontáveis sentidos.

Não à toa, uma das principais características dos profissionais do futuro é a capacidade de se comunicar bem. Sendo assim, por meio da comunicação clara e franca, é possível criar laços duradouros e construtivos, que podem gerar benefícios para você, para os outros e, é claro, para a empresa onde atuam.

Além disso, cultivar bons relacionamentos ao longo de sua carreira é proveitoso porque ajuda a construir uma rede de contatos sólida. Se você impressionou um gestor por conta de sua eficiência no trabalho, ele poderá indicar seu currículo para outras empresas daqui a alguns anos, por exemplo.

Como se não bastasse, ter essa rede de apoio é fundamental para trocar experiências e manter um aprendizado constante — é possível absorver muitos conhecimentos a partir do contato com especialistas que trabalham em áreas diferentes da sua, concorda?

Como desenvolver o relacionamento interpessoal?

Agora que você já sabe como o relacionamento interpessoal pode impactar seu perfil profissional, é hora de entender como desenvolvê-lo. Veja, a seguir, algumas dicas práticas para aprimorar essa habilidade em sua rotina!

Guia de carreiras: Engenharias.Powered by Rock Convert

Tenha empatia

A empatia nada mais é que a capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa. Por isso, antes de dar ou receber um feedback negativo, pense em como você gostaria de recebê-lo ou de qual modo você o comunicaria a alguém.

A princípio, o exercício pode parecer uma prática complexa. Contudo, há como aprimorar essa mentalidade aos poucos. Para isso, basta entender que seus colegas têm formações, criações, bagagens culturais e vivências completamente diferentes das suas.

Se ninguém é igual, não deixe de ponderar quais são as motivações das pessoas e por que elas agem de um jeito e não de outro.

Pense na abordagem

Imagine a seguinte situação: você está em meio a uma semana estressante e alguns problemas pessoais estão afetando seu rendimento no trabalho. Como você se sentiria se um colega se dirigisse a você com rispidez? Não seria nada legal, certo? Portanto, nunca deixe de pensar em suas abordagens e questione se elas são cordiais ou grosseiras.

Seja flexível

O sucesso profissional e a flexibilidade andam, cada vez mais, lado a lado. Como os relacionamentos interpessoais não são uma ciência exata, saiba distinguir momentos descontraídos das ocasiões que exigem comprometimento e senso de urgência.

Lembre-se de que as pessoas nem sempre terão as mesmas visões de mundo que você. Portanto, um pouco de jogo de cintura não faz mal a ninguém!

Escute e fale

Como você se comporta nos diálogos? É do tipo que só escuta e raramente se coloca, ou gosta de expor suas opiniões com frequência e faz questão de falar sobre todos os assuntos?

Esforce-se para equilibrar esses pontos, visto que o excesso tanto ao falar quanto ao escutar não são bem-vindos em boas conversas. Evite interromper as falas dos outros, mas nunca deixe seus interlocutores falarem sozinhos. Por isso, sempre demonstre atenção e interesse no que é dito.

Por que o relacionamento interpessoal é tão importante?

Como mencionado, estamos cercados de pessoas durante boa parte de nossas vidas — uma simples compra no mercado exige interação e comunicação. Mais do que abrir portas para boas oportunidades, os relacionamentos representam uma chance real de crescimento pessoal e profissional.

Quando as conexões entre você, seus familiares, colegas de trabalho e amigos são saudáveis, você terá apoio em diferentes âmbitos. Não se esqueça de que, quando as dificuldades aparecem, lidar com tudo sem a ajuda de ninguém tende a dificultar o processo. Por trás dos números e técnicas, existem seres humanos, e são eles que podem contribuir para o seu desenvolvimento.

Assim, fica claro que o relacionamento interpessoal é um fator relevante não só para o mercado de trabalho, mas para a vida de forma geral. Sendo assim, não deixe de cultivar seus relacionamentos e tratá-los com a devida importância.

E aí, gostou do conteúdo? Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais e marque seus amigos!

Você também pode gostar