Não sabe qual carreira seguir com o seu curso de graduação? Leia este post!

qual carreira seguir
6 minutos para ler

Saber qual carreira seguir é, sem dúvida, o grande desafio de quem está ingressando agora em uma faculdade. A escolha envolve muito mais do que gostos e preferências, afinal precisa também estar alinhada com as tendências do mercado, médias salariais e perspectivas de futuro na profissão.

Por isso é natural que esse dilema traga um pouco de dor de cabeça, mas não precisa ser tudo um pesadelo. Com um pouco de autoconhecimento e inteligência emocional, dá para fazer uma escolha acertada e saber direitinho aonde se quer chegar com seu curso de graduação.

Quer entender como? Então continue a leitura e veja 6 dicas práticas para trilhar seu percurso sem arrependimentos ou frustrações!

As dificuldades na escolha da carreira

qual carreira seguir

Antes de falarmos das dicas em si, cabe fazer uma colocação importante: você não deve se culpar por estar em dúvida nesse momento. Muitas vezes, um estudante se sente frustrado pelo simples fato de ter escolhido um curso que não era aquele que sua família esperava. Porém, isso jamais deve ser motivo de frustração.

Acima de tudo, o que mais importa é priorizar sua escolhas e se responsabilizar por elas. Só assim você se sentirá realmente grato e valorizado quando começar a colher os frutos do seu percurso. Portanto, se está difícil escolher uma carreira agora, saiba que esse dilema é algo natural para muita gente, mas que pode ser resolvido a partir de um olhar mais cuidadoso consigo mesmo.

7 dicas para escolher a carreira ideal

Dito isso, vamos às dicas práticas para você escolher a carreira ideal equilibrando suas preferências e as tendências do mercado.

1. Busque autoconhecimento

qual carreira seguir

A primeira dica não poderia ser outra, concorda? A busca pelo autoconhecimento deve ser o seu ponto de partida na corrida pela carreira dos seus sonhos. Saber exatamente o que você quer fazer enquanto profissional e aonde você deseja chegar é essencial para planejar seu percurso dando os passos certos.

Apenas lembre-se de que as metas devem ser palpáveis, começando por objetivos de curto e médio prazo, para só então alcançar aquilo que ainda está mais distante. Comece conhecendo seu perfil profissional, refletindo sobre suas habilidades, gostos pessoais e preferências de carreira. Aos poucos, esse exercício se tornará algo constante e as respostas começarão a ficar mais claras, ajudando a desenhar o melhor percurso.

2. Faça testes vocacionais

qual carreira seguir

Se estiver muito difícil descobrir por si só quais são suas verdadeiras aspirações de carreira, considere contar com ajuda especializada para saber por onde deve seguir. Os famosos testes de orientação profissional parecem algo clichê, mas, na verdade, podem ser ferramentas muito estratégicas se bem utilizados.

Para tanto, entenda que o caminho indicado pelo teste não é definitivo e imutável. Pelo contrário, ele serve apenas como um direcionamento inicial para que você avalie a relação entre os traços de sua personalidade e as trajetórias profissionais compatíveis com seu perfil.

3. Converse com pessoas do mercado

qual carreira seguir

Uma dica bastante prática na hora de resolver o dilema de qual carreira seguir é conversar com quem já está há bastante tempo no mercado. Esses profissionais sabem dizer exatamente como é o dia a dia da profissão, quais são os desafios do ramo e as perspectivas de futuro.

Portanto, não deixe de conversar com familiares, amigos e conhecidos que trabalham nas carreiras que você considera seguir. Fazer esse tipo de contato é importante não só para ter certeza se é nisso mesmo que você deseja trabalhar, mas, também, do ponto de vista do networking. Assim, estimulando sua rede de contatos desde cedo, já começará abrindo portas para a sua entrada no mundo do trabalho.

4. Analise o mercado de trabalho

qual carreira seguir

Conversar com as pessoas do ramo ajuda, mas fazer pesquisas para entender como anda o mercado na área é ainda mais interessante para ter uma visão abrangente de cada setor. Procure por notícias e reportagens de fontes confiáveis que façam uma avaliação do ramo que você pretende seguir e analise como estão as médias salariais e, principalmente, quais são as tendências para os próximos anos.

Afinal, como você não vai entrar nas empresas de imediato, é preciso saber se as perspectivas futuras são promissoras para o momento em que estiver terminando a faculdade, certo? Entender esse cenário ajuda bastante a traçar sua jornada acadêmica, sobretudo quando for buscar estágios e investir em cursos complementares para se aperfeiçoar na área em questão.

5. Avalie o retorno financeiro

qual carreira seguir

É claro que suas preferências devem sempre ser tratadas como prioridade, conforme enfatizamos no início do post. Mas também não dá para não pensar no retorno financeiro, não é mesmo? Nesse sentido, é importante que a profissão escolhida ofereça médias salariais justas e compatíveis com o custo de vida nas principais cidades do país.

Equilibrar seus gostos e as expectativas de rendimento é imprescindível para que você se sinta de fato realizado na profissão que escolheu, podendo colher os frutos sem frustrações ou arrependimentos. Isso sem falar que esse equilíbrio reflete diretamente na sua atuação profissional, fazendo com que você trabalhe cada vez mais motivado e, consequentemente, melhor.

6. Participe de cursos e seminários

qual carreira seguir

Se você já tem uma ideia sobre qual caminho seguir, procure cursos relacionados a essa área de formação e, se possível, se matricule em algum deles para entender melhor o dia a dia do ofício e aperfeiçoar suas habilidades para quando entrar no mercado. Outra dica interessante é frequentar os seminários e mostras de profissões oferecidas pelas faculdades em diversos departamentos, especialmente se você ainda não decidiu qual curso quer fazer.

Essas mostras são organizadas pelos próprios alunos e professores, dando um panorama bastante específico sobre o que fazem os profissionais de cada área, quais são as possibilidades de carreira, como está o mercado e qual o perfil de quem atua no ramo. Apenas lembre-se de contar com uma instituição de referência quando for participar de algum evento acadêmico.

Do mesmo modo, antes de se matricular em algum curso de graduação, esteja certo de que a instituição escolhida é bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC) e oferece a infraestrutura e a metodologia adequadas para uma formação de qualidade. Assim, mais do que simplesmente saber qual carreira seguir, você terá a certeza de um diploma valorizado no mundo do trabalho!

Ainda está em dúvida sobre qual faculdade fazer? Explore o Rota das Carreiras e descubra o seu caminho!

Você também pode gostar