Procurar estágio: qual é o papel da instituição de ensino nesse momento?

procurar estágio
6 minutos para ler

Quando chega o momento de procurar estágio, muitos estudantes ficam apreensivos, pois não sabem como encontrar essa oportunidade, quais são seus deveres e direitos nessa atividade e até mesmo como é a rotina do estagiário.

Contudo, não há motivo para apreensão. Na verdade, trata-se de uma vivência de aprendizado supervisionado, ou seja, um passo importante na sua carreira, visto que será o primeiro contato com a rotina de trabalho da área que você escolheu. Além disso, a faculdade dá um apoio nesse processo.

Quer entender melhor como encontrar as melhores vagas de estágio e por que essa experiência é fundamental para dar início a seu sucesso profissional? Então não perca nosso post e confira também qual é o papel da instituição de ensino superior nesse processo!

Como funciona o estágio?

É importante destacarmos que a Lei 11.788, de 25 de setembro de 2008 — chamada de Lei do Estágio —, regulamenta essa atividade, definindo que ela não é considerada um trabalho, o que quer dizer que não existe nenhum vínculo empregatício entre empresa e aluno.

Além disso, essa atividade não pode se estender por mais de 2 anos, sendo que a carga horária não pode ser maior que 30 horas semanais. A lei determina ainda que o estagiário tem direito a 30 dias de recesso a cada um ano da atividade.

Dessa maneira, o estudante pode ficar tranquilo, visto que existe uma legislação que reúne todos os direitos e deveres do estagiário e que também determina qual é o papel da empresa e também da instituição de ensino superior nesse processo.

Saiba ainda que, mesmo que a graduação seja na modalidade EAD, ela segue as mesmas regras que a do formato presencial. Dessa maneira, caso haja a obrigatoriedade do estágio, o aluno do curso superior online também deve cumprir a atividade para se formar.

Quais são os benefícios de fazer um estágio na faculdade?

Muita gente pensa: se a faculdade oferece aulas práticas em sua grade curricular, por que ainda é obrigatório fazer o estágio para obter o diploma? É que, mesmo que a instituição tenha uma boa infraestrutura com laboratórios completos e equipamentos tecnológicos de ponta, a vivência profissional, de fato, só será possível em uma empresa e no contato diário com outros profissionais.

Então, mesmo que a sua graduação não tenha a obrigatoriedade dessa atividade, não deixe de procurar estágio, visto que essa etapa de aprendizado prático proporciona uma série de benefícios para sua carreira, como:

Guia de carreiras: Engenharias.Powered by Rock Convert
  • ganho de experiência no mercado de trabalho;
  • valorização do seu currículo;
  • desenvolvimento de novas habilidades, inclusive aquelas relacionadas ao comportamento (soft skills);
  • aprendizado de como é a rotina da carreira que você escolheu;
  • entendimento de como é a profissão, possibilitando ao estagiário identificar as áreas com as quais tem mais afinidade;
  • realização de networking — ou seja, é possível construir sua rede de contatos profissionais no estágio e ficar por dentro das melhores oportunidades no seu segmento;
  • possibilidade de obtenção de uma renda durante a graduação, visto que muitos estágios são remunerados;
  • aprendizado sobre como deve ser sua postura profissional;
  • chance de ser efetivado na empresa que estagiou por demonstrar interesse e trabalhar com dedicação;
  • vivência dos desafios da carreira que escolheu.

Qual é o papel da IES em relação ao estágio de seus alunos?

Muitos alunos ficam perdidos no momento de procurar estágio, mas saiba que as instituições de ensino superior (IES) oferecem um suporte nesse momento, aproximando empresas e estagiários.

É papel da faculdade assinar o Termo de Compromisso de Estágio, um documento que formaliza a atividade como determina a Lei do Estágio. Ou seja, o estudante da graduação terá todo o acompanhamento necessário para aproveitar da melhor forma essa experiência.

A IES deve ainda indicar quais são as condições ideais para a realização do estágio segundo a proposta pedagógica do curso e nomear um professor-orientador que fará o acompanhamento dessas atividades.

Ela precisa também comunicar a empresa sobre as datas de avaliações acadêmicas do estagiário. Isso porque, nos dias de prova da faculdade, o aluno pode cumprir metade da carga horária do estágio.

Por fim, a instituição deve ainda avaliar a infraestrutura da organização que oferece o estágio e, caso não esteja em conformidade, é de sua responsabilidade reorientar o estudante para outra empresa.

Por que é necessário que a IES seja intermediária no estágio de seus alunos?

Apesar de ser facultativo para as faculdades firmarem convênios com empresas públicas e privadas para que seus alunos possam conseguir um estágio, é importante que a IES realize uma ponte entre os alunos e as organizações que buscam os estagiários.

Assim, fica mais fácil para o estudante encontrar empresas sérias, ou seja, em que o estágio funciona realmente como um aprendizado prático. Nesse contexto, quando existe um apoio da faculdade, há mais chances de o estudante ficar por dentro das melhores oportunidades de estágio.

Mas, afinal, como a IES pode intermediar esse processo, ajudando o aluno a procurar estágio? Isso pode ser feito de diferentes formas, como:

  • realização de parcerias com empresas públicas e privadas que ofereçam vagas voltadas para os cursos da instituição;
  • criação de um portal estratégico para anúncio de vagas em que o aluno pode cadastrar o currículo e manter esses dados sempre atualizados de forma gratuita — como o Portal de Vagas da Estácio, que é um canal que possibilita também que as empresas anunciem as oportunidades e encontrem os estagiários de um modo mais rápido;
  • programa de incentivo para a realização de estágio — para informar aos alunos sobre a importância dessa atividade, sobre como se comportar na entrevista e em relação a todos os trâmites.

Agora você já sabe como o apoio da faculdade auxilia bastante o aluno a procurar estágio. Instituições que oferecem um portal de vagas, por exemplo, ajudam o estudante a ficar por dentro de boas oportunidades e a tirar o melhor proveito dessa atividade profissional.

Gostou de saber qual é o papel da instituição de ensino nesse processo? Então compartilhe essas informações com seus amigos das redes sociais!

Você também pode gostar