O que faz um enfermeiro? Descubra os detalhes dessa profissão!

o que faz um enfermeiro
6 minutos para ler

Se você se identifica com a área da saúde e quer trabalhar diretamente nos cuidados dos pacientes, promovendo seu bem-estar, vai gostar da graduação em Enfermagem. É um campo repleto de desafios e que oferece salários atrativos e boas perspectivas profissionais.

Muitos candidatos se interessam por essa carreira, mas tem dúvidas sobre o que faz um enfermeiro e qual é a diferença de atuação para o técnico ou o auxiliar da área.

Este post é justamente para esclarecer essas e outras questões da profissão. Continue a leitura e descubra por que apostar nessa carreira é a melhor escolha para o seu futuro!

Afinal, o que faz um enfermeiro? 

O enfermeiro trabalha para promover a saúde das pessoas, por meio de cuidados relativos à alimentação, higiene, administração de medicamentos, realização de curativos e outras intervenções. É o profissional que lida diretamente com o paciente e com seus familiares.

Além disso, ele tem um papel essencial na equipe multidisciplinar de saúde (formada por médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, farmacêuticos e outros) e na liderança de técnicos e auxiliares de enfermagem. É responsável ainda pelo planejamento de assistência de Enfermagem.

Atua em casos de baixa, média e alta complexidade, assim é essencial em hospitais (nas áreas de internação, cirurgia, UTI e pronto-socorro), equipes de resgate, clínicas, casas de repouso e também no atendimento domiciliar.

É possível ainda atuar com gestão e auditoria na área da saúde, em ambulatórios de empresas e escolas e também na docência e pesquisa em Enfermagem. 

Quem se forma nessa área encontra boas perspectivas no setor público e privado.

Qual é a diferença entre enfermeiro, técnico e auxiliar de Enfermagem?

A equipe de Enfermagem é formada não só pelo enfermeiro, mas também por técnicos e auxiliares. Todos são indispensáveis para que o paciente receba um atendimento seguro e de qualidade.

O técnico de Enfermagem vai atuar em casos de média e alta complexidade, pequenas intervenções e curativos. Já o auxiliar atua nos cuidados mais básicos em situações de baixa complexidade. Nas duas funções, há sempre a supervisão de um enfermeiro.

Como se vê, o enfermeiro é quem adquire o conhecimento teórico e prático para assumir mais responsabilidade no atendimento ao paciente e na gestão da equipe.

Qual é o perfil de um enfermeiro? 

Agora que você já sabe o que faz um enfermeiro, deve estar curioso para saber qual é o perfil para ter sucesso nesse segmento. Acompanhe abaixo as habilidades profissionais que ele deve desenvolver para se dar bem nessa carreira.

Empatia

O enfermeiro vai trabalhar com pacientes, familiares e outros profissionais de saúde e, assim, precisa desenvolver a empatia para entender as necessidades do outro e conseguir fazer o melhor trabalho, além de estabelecer uma relação de confiança com essas pessoas.

Nesse caso, ser empático é fundamental ainda para o profissional oferecer um atendimento humanizado.

Estabilidade emocional

A Enfermagem é uma carreira promissora, porém, para se destacar, é preciso ter estabilidade emocional para enfrentar momentos de pressão diários.

É um trabalho em que se convive com a perda de pacientes e também com horários exaustivos, o que demanda bastante equilíbrio para o profissional exercer um bom atendimento, mesmo em situações adversas.

Dedicação

É importante ser dedicado aos cuidados do paciente e na supervisão das atividades da equipe para que o atendimento seja seguro e de qualidade.

Trabalho em equipe

Como dissemos, o enfermeiro vai trabalhar junto a outros profissionais de saúde, por isso deve saber como trabalhar em equipe. É necessário ter uma boa comunicação com os colegas, ajudar quem está com dificuldades e saber ouvir pontos de vista diferentes para ter harmonia no ambiente. Dessa maneira, todos podem trabalhar em sintonia, oferecendo os melhores cuidados ao paciente.

Atualização constante

Além dos conhecimentos da graduação, é preciso que o profissional esteja aberto para o aprendizado para que se mantenha atualizado na área em relação a novas técnicas e equipamentos. Desse modo, ele fica por dentro das tendências para conquistar oportunidades ainda melhores.

Concentração

Para fazer um bom trabalho, o enfermeiro deve se concentrar em todas as atividades, ser organizado na coordenação dos trabalhos e ter atenção aos detalhes para evitar erros que possam prejudicar a saúde do paciente.

Proatividade

Por último, esse profissional da saúde deve desenvolver a proatividade, ou seja, saber como antever cenários para que consiga prestar a melhor assistência aos pacientes.

Como dar início à carreira em Enfermagem? 

Depois de descobrir o que faz o enfermeiro, é necessário saber como dar início à carreira. Uma das maneiras é ingressar em um curso profissionalizante para atuar, primeiramente, como auxiliar. Investindo em qualificação técnica, o profissional pode subir para o cargo de técnico de enfermagem, o que vai aumentar seu salário e responsabilidades.

No entanto, para assumir a função mais alta na carreira, ou seja, atuar como enfermeiro, é necessário fazer o ensino superior na área. No próximo tópico, explicamos as vantagens de investir nessa faculdade.

Por que investir na graduação em Enfermagem?

Ao se tornar enfermeiro, o profissional passa ter uma formação completa, visto que a matriz curricular da graduação em Enfermagem mescla os conhecimentos teóricos e práticos para que o profissional possa exercer um atendimento de excelência na área. Além disso, é uma oportunidade para fazer estágio e conhecer de perto os desafios da rotina dessa carreira.

Com o diploma, o enfermeiro encontra boas oportunidades, em âmbito público e privado, e pode assumir a liderança de equipes, o que vai garantir salários bem atrativos. De acordo com o site Vagas, a remuneração média do enfermeiro é de R$ 3.828,00.

Sem contar que, com o ensino superior, ele pode fazer uma pós-graduação, escolhendo uma área que mais atenda seu perfil, como terapia intensiva, enfermagem obstétrica, pediátrica, saúde pública, gestão em saúde, entre outras. Assim, valoriza o currículo e fica com mais um diferencial competitivo no mercado.

Gostou de conhecer o que faz um enfermeiro? Se você se identifica com esse campo profissional não perca tempo e se organize para fazer a graduação em Enfermagem. Com uma boa formação, você pode construir uma carreira de sucesso!

Quer acompanhar mais dicas de carreira? Então é só assinar a nossa newsletter para ficar por dentro de outros conteúdos sobre profissões e mercado de trabalho!

Você também pode gostar