6 passos para você mudar de carreira com segurança

7 minutos para ler

Insatisfação com a função, pouca perspectiva de crescimento, falta de compatibilidade com a vocação, mercado saturado — por uma série de motivos, um número cada vez maior de pessoas tem considerado a possibilidade de mudar de carreira.

Atualmente, o mercado se transforma rapidamente e novas funções surgem a todo momento, fazendo com que os profissionais se identifiquem com trabalhos que até pouco tempo atrás não existiam. Além disso, com a redução dos custos do Ensino Superior e a grande oferta de cursos a distância, ficou mais fácil conciliar orçamento, emprego e estudos.

E você, também está pensando na possibilidade de mudar de carreira? Quer saber como fazer essa escolha de forma segura, considerando todos os aspectos que podem interferir no seu sucesso? Então, continue a leitura! Vamos explicar quais são os 6 passos para dar uma verdadeira guinada na sua vida profissional!

1. Considere sua vocação e habilidades

Muitos profissionais se sentem insatisfeitos com a carreira porque trabalham em funções que não têm nada a ver com sua vocação, habilidades ou perfil comportamental. Mesmo que o salário seja ótimo, a nossa rotina se torna altamente estressante quando fazemos o que não gostamos. Os dias demoram a passar, e a sensação de esgotamento físico e emocional não permite nem mesmo que a pessoa aproveite a vida além do ambiente corporativo.

Então, tente identificar: o que você realmente gosta de fazer e quais são as atividades que prefere não realizar? Além da profissão em si, pense em outros aspectos importantes no seu dia a dia. Há pessoas que sentem prazer em interagir com outras o dia inteiro, mas também existe quem prefere trabalhar mais isolado, sem tanto contato interpessoal.

Já para exercer determinadas profissões, é importante que a pessoa tenha interesse em empreender ou, pelo menos, em administrar um negócio. Portanto, quem não tem interesse nesse tipo de atividade precisa avaliar bem a escolha antes de tomar uma decisão. Leia bastante sobre as opções que você tem no mercado e encontre a que seja compatível com as suas próprias características.

2. Converse com quem já atua na área

Outro passo muito importante para mudar de carreira é conversar com quem já atua na área. Esses profissionais poderão contar a você como é, de fato, o dia a dia de quem se dedica àquela profissão. Dessa forma, será possível descobrir como é a rotina de trabalho, quais são os pontos positivos, bem como os desafios que encontrará no mercado de trabalho. Não dispense essa pesquisa direto na fonte!

Baixe agora mesmo nosso e-book sobre como conquistar sua independência financeira!Powered by Rock Convert

3. Analise as tendências do mercado

O mercado sempre evoluiu, mas ultimamente a velocidade da transformação tem sido impressionante. As novas tecnologias estão mudando a forma como executamos as tarefas diárias, o que tem um impacto direto nas funções e operações das empresas. Por isso, algumas profissões completamente novas estão surgindo, enquanto outras perdem espaço e desaparecem.

Então, antes de tomar sua decisão, analise quais são as tendências do mercado. Faça uma pesquisa para descobrir se a demanda por esse tipo de profissional está aumentando ou reduzindo e se essa projeção acontece no cenário brasileiro ou no internacional também. Dessa forma, é possível prever se essa escolha pode trazer segurança e estabilidade a longo prazo.

4. Crie um planejamento a longo prazo

E por falar em longo prazo, esse é outro ponto importante. Não pense apenas no agora ou no momento da sua formatura do curso. Procure saber se determinada profissão oferece possibilidades de crescimento a médio e longo prazo, como a oportunidade de ocupar outros cargos de acordo com sua experiência e formações complementares ou se a estagnação em um determinado patamar é a regra.

Isso não significa que uma ou outra dessas alternativas seja boa ou ruim, pois o que importa são os seus planos e expectativas. Se o sonho de uma pessoa é ser dentista, por exemplo, e ela planeja passar o restante de sua vida profissional no consultório, esse é um exemplo de carreira em que o profissional chega ao seu objetivo logo após a formatura.

Já quem quer se destacar no mundo corporativo vivencia outro tipo de situação. Um profissional pode levar um tempo maior para atingir o cargo de CEO e precisa passar por várias etapas até atingir seu objetivo. Como você pode perceber, são opções de carreira distintas e que preveem trajetórias completamente diferentes.

No entanto, é fundamental conhecer todas as alternativas antes de iniciar um curso para não se frustrar com os rumos da carreira mais tarde. A partir daí, estabeleça seu objetivo e crie um plano para chegar lá, com metas para daqui a 1 mês, 1 ano, 2 anos, 5 anos e assim por diante.

5. Forme uma rede de contatos

No mundo corporativo, o famoso QI (quem indica) ainda tem muito valor. E isso não significa privilegiar uma pessoa sem méritos, mas optar por profissionais que têm seu trabalho conhecido pela equipe. Portanto, se o objetivo da organização for contratar alguém para prestar um serviço ou para fazer parte de seu quadro de funcionários, os gestores entendem que é mais provável que o desempenho seja compatível com suas expectativas.

Então, forme uma boa rede de contatos. Interaja com seus colegas de turma durante o curso, pois muitos poderão trabalhar em negócios relacionados e fazer parcerias vantajosas para os dois lados. Também vale a pena participar de eventos, workshops, palestras e congressos. Além de adquirir conhecimento, esse é o momento de se encontrar com profissionais e ampliar essa rede de apoio.

6. Busque uma boa formação

A partir do momento em que sua meta for estabelecida e você tiver um planejamento para alcançar seu objetivo, busque uma boa formação. Lembre-se de que o mercado está muito competitivo e, para disputar espaço com outros profissionais, é fundamental sair do curso com um conjunto de conhecimentos e competências considerados relevantes pelas empresas.

Nesse momento, a busca por uma faculdade com nome reconhecido é muito importante. Essas instituições oferecem um programa de ensino mais completo e se tornam admiradas pelo excelente desempenho dos profissionais que elas lançam no mercado. Portanto, um diploma de uma boa universidade pode abrir muitas portas e facilitar seu ingresso e ascensão na nova carreira.

Felizmente, a escolha da profissão não é uma decisão definitiva, que obriga as pessoas a passarem o resto de suas vidas em um trabalho pouco gratificante ou incompatível com suas aspirações. Com o planejamento adequado, uma pesquisa a respeito da nova carreira e sobre as tendências do mercado, é possível fazer essa transição com sucesso, obtendo muito mais satisfação e realização pessoal.

E você, está pensando em mudar de carreira? Conhece um amigo ou amiga que está vivendo essa situação e poderia aproveitar essas dicas? Então, compartilhe o post em suas redes sociais, marque seus contatos e os ajude a darem uma guinada na vida profissional. Eles vão gostar!

quiz-descobrir-o-seu-perfil-empreendedorPowered by Rock Convert
Você também pode gostar