Mas, afinal, quanto ganha um médico?

quanto ganha um médico
6 minutos para ler

Além de todo o prestígio social que envolve a prática médica, as pessoas que desejam cursar Medicina também são movidas pela alta remuneração dos cargos da área. Entre outros, esses dois aspectos ajudam a explicar por que o curso segue como um dos mais procurados do Brasil. Mas você saberia dizer quanto ganha um médico?

Para encontrar uma boa resposta, é necessário considerar as mais variadas especializações em Medicina e a região do país. Afinal, os salários mudam de forma considerável devido a esses fatores. Nada que nos impeça de chegar a um valor médio — detalhe importante para quem sonha em se juntar a um dos especialistas que ingressam no mercado anualmente.

Ficou interessado em saber quanto ganha um médico? Veja agora mesmo na sequência!

Qual é a média salarial de um médico generalista?

Vale destacar que a graduação de Medicina deve contemplar, no mínimo, 6 anos. Ao longo desse intervalo, o estudante entra em contato com uma base teórica consolidada e a coloca em prática no chamado internato (estágio obrigatório).

Concluída essa carga de estudos, você ganha o título de bacharel e está preparado para atuar como médico generalista. Nesse ponto, é fundamental não confundir com o clínico geral, sobre o qual falaremos mais adiante.

O médico recém-formado, ou seja, antes de efetuar alguma residência médica, chega ao mercado de trabalho com uma rotina marcada pela leitura de relatórios de exames e prescrições de tratamentos. Trata-se daquele médico que geralmente trabalha em prontos-socorros de hospitais ou em unidades básicas de saúde.

Como acontece com qualquer setor da economia, o salário médio do médico generalista oscila bastante conforme a experiência profissional. A média salarial é estimada em R$ 8.517. Porém, o teto salarial é de aproximadamente R$ 19.604. A jornada de trabalho é de 27 horas semanais.

Quanto ganha um médico residente?

Suponha, entretanto, que, após concluir os primeiros 6 anos de Medicina, você queira partir para uma residência médica. Além de adicionar de 2 a 4 anos de estudo ao currículo, ela proporciona o título de médico especialista. Basicamente, tudo o que precisa é aproveitar o período do internato para descobrir qual área da Medicina escolher.

Enquanto exercer o papel de médico residente, você pode iniciar a função com um salário de R$ 2.938. O valor médio fica na faixa de R$ 3.259, e o teto fica em R$ 4.058. Logo a seguir, veremos que essas remunerações são bem valorizadas após a obtenção de título de especialista.

Qual é a média salarial de um clínico geral?

Ao contrário do que boa parte da população imagina, o clínico geral é, na verdade, todo médico que concretizou residência em Clínica Médica. Por sinal, essa é uma das residências mais disputadas no país. Uma das razões consiste na possibilidade de se ter abertura para as chamadas subespecialidades. Algumas delas são geriatria, cardiologia, pneumologia e oncologia.

Diferentemente do generalista, o clínico geral está mais envolvido no processo de acompanhamento do quadro de cada paciente. Além disso, ele está apto a tratar de:

  • doenças do coração em suas fases preliminares;
  • gastrite;
  • alergias;
  • infecções;
  • determinadas doenças de pele, como dermatites e micoses;
  • anemia;
  • diabetes.

Também costuma ser o profissional encarregado de realizar baterias de exames rotineiros de checagem. Não à toa, ele é igualmente o médico da família, seja de forma particular, seja por intermédio do programa do SUS (Sistema Único de Saúde).

Pela capacidade de administrar a maior parte dos problemas de saúde, o clínico geral é um dos médicos mais adequados para monitorar o estado dos pacientes em todas as etapas da vida.

Quanto ganha para isso? Com números relativamente inferiores aos dos médicos generalistas, a média do piso salarial dos clínicos gerais gira ao redor de R$ 6.854. O teto, por sua vez, fica em R$ 15.963. Em contrapartida, os valores consideram 23 horas semanais de jornada. Soma-se a isso o fato de que um médico da família sustenta um salário médio de R$ 11.325, enquanto o teto pode chegar a R$ 20.028

Quais são as médias salariais dos demais médicos especialistas?

Nem sempre é simples escolher uma das especialidades da Medicina. Para ter uma ideia, atualmente, o CFM (Conselho Federal de Medicina) reconhece mais de 50 delas. Já tem alternativas de especialização em vista e quer saber quanto ganha um médico de cada uma delas? Confira!

Cirurgia plástica

No topo do ranking de médias salariais de especializações médicas, a Cirurgia Plástica se destaca com um salário médio de R$ 8.324, com um teto estimado em R$ 21.459. Apesar da estreita relação entre o cirurgião plástico e a parte estética, ele também é o responsável por, sobretudo, corrigir lesões e deformidades que prejudiquem funcionalidades desempenhadas pelos órgãos.

Ortopedia e traumatologia

Um médico ortopédico e traumatologista é perito em avaliar e em tratar problemas e traumas atrelados aos ligamentos, às articulações, aos músculos e aos ossos. Em termos financeiros, a dedicação à carreira rende uma média salarial de R$ 6.296, com um teto de R$ 15.346.

Anestesia

Em meio a tantas possibilidades de seguir carreira em Medicina, já pensou em ser um médico anestesista? Muito além de um mero aplicador de injeções, trata-se do profissional incumbido de estudar todas as variantes da dor.

Durante uma intervenção cirúrgica, ele é o principal responsável por inspecionar os sinais vitais (batimentos cardíacos, temperatura do corpo, pressão arterial etc.) do paciente.

Como a qualidade da formação impacta a remuneração do médico?

Ao lado do fator geográfico e da especialidade selecionada, existe outro ponto que interfere no valor do salário de um médico: a credibilidade da instituição de ensino onde ele estudou. A qualidade da formação diz respeito ao modo como o curso inter-relaciona conceitos éticos, princípios humanistas e parâmetros técnicos.

Na Estácio, todos esses requisitos são enriquecidos pela constituição de um corpo docente qualificado, pronto para oferecer um suporte de aprendizagem único aos estudantes. Simultaneamente, você também conta com a infraestrutura de laboratórios modernos, equipados com o que há de melhor em inovação tecnológica.

Agora que já sabe quanto ganha um médico, só falta estudar no lugar preparado para transformar você em um médico apto a encarar os desafios do futuro. Venha para uma instituição de ensino que alia o poder do saber humano ao uso das soluções digitais que guiarão os próximos anos da Medicina.

Então, não perca mais tempo! Inscreva-se no vestibular da Estácio!

CARREIRAS DA SAÚDE
Você também pode gostar

Deixe um comentário