O que esperar de sua jornada universitária?

jornada universitária
6 minutos para ler

Ei, você! Está prestes a embarcar em uma nova fase da vida e tem receios quanto ao que vai encontrar pela frente? Em primeiro lugar, saiba que essa insegurança é um sentimento totalmente compreensível. Afinal, o início da jornada universitária significa um momento de transição.

Mas pode parar de se preocupar agora! Neste post, trouxemos uma série de questões que vão dar uma ideia de como serão os próximos anos da sua vida e nortear a sua entrada na faculdade. Continue a leitura e prepare-se para a sua jornada universitária!

O início da jornada universitária: período de adaptação

Entrar na faculdade representa um universo novo na vida do jovem — uma mudança e tanto de fase, não é mesmo? A expectativa dos calouros, somada à preocupação com as responsabilidades que estão por vir, pode gerar certa ansiedade. Esse é um sentimento comum, mas qualquer estranhamento só vai durar alguns dias.

O início da jornada universitária é marcado por um período de adaptação. Aos poucos, você vai se habituar aos colegas de sala, à dinâmica das aulas, aos ambientes da faculdade e essa ansiedade será substituída pela sensação de familiaridade.

As diferenças em relação ao Ensino Médio

O estudante que começa a faculdade pensando que vai encontrar uma extensão do Ensino Médio pode ter um choque de realidade. Afinal, é um mundo totalmente novo, com mais autonomia para os alunos, menos preocupação com a popularidade, e que exige comprometimento de gente grande.

Não só a metodologia das aulas é diferente, como também a diversidade das pessoas que você vai conhecer. Mas tem um elemento motivador nesse cenário: a maioria dos universitários está ali com o propósito de iniciar uma carreira, e não com sentimento de obrigatoriedade.

A extensa carga de conhecimento

Outra realidade que causa impacto logo no início da jornada universitária é a quantidade de conteúdos que você tem que absorver. São várias disciplinas, cada uma com sua carga de teorias e histórias dos precursores.

Além disso, cada matéria tem seu cronograma de avaliações, trabalhos e seminário — aliás, aqui temos outros dois pontos que assustam os calouros: período de provas e apresentação de trabalho. Mas não se preocupe, pois conforme os semestres avançam, você desenvolve suas próprias estratégias para lidar com esses e outros desafios.

A autonomia do estudante

Uma grande diferença que você vai notar, especialmente em relação à época de escola, é a autonomia que o universitário tem. A verdade é simples e direta: o seu aproveitamento acadêmico depende unicamente do seu empenho.

Os docentes não vão insistir para que você preste atenção nas aulas. A porta está sempre aberta para o estudante que decide sair ou entrar na sala. Ou seja, um dos primeiros aprendizados da jornada universitária é que o aluno tem liberdade para conduzir seus estudos como preferir.

Entretanto, é preciso ter em mente que tudo tem seu preço: quanto mais dedicação, melhor o desempenho. Ao contrário, se você não fizer um bom uso da sua liberdade, terá resultados abaixo do esperado.

O desafio de gerir o próprio tempo

Falando em autonomia e liberdade, você pode pensar que essa entrada na vida adulta significa fazer só o que tem vontade. Ledo engano! O acúmulo de compromissos é um dos desafios da jornada universitária. Isso porque, além das múltiplas tarefas acadêmicas, ainda é preciso conciliar estudos e trabalho, sem falar nas atividades pessoais.

A gestão eficiente do tempo, portanto, é uma habilidade que todo estudante precisa desenvolver. Se não houver um planejamento diário, existe o risco de você se perder em meio a tantas demandas e não cumprir seus prazos.

A importância do controle das finanças

Mensalidade da faculdade, dinheiro para transporte e alimentação, livros, xerox, apostilas e até aquela saidinha com a turma da faculdade nos horários extraclasse. A jornada universitária também demanda certos gastos, portanto requer controle financeiro.

Você já tem uma reserva para emergências, uma poupança exclusiva para a faculdade ou algo assim? Ótimo! Mas faça o possível para economizar dinheiro e ficar preparado para os imprevistos.

Fazer um estágio remunerado, arrumar um emprego provisório ou trabalhar como freelancer também são alternativas para adquirir aprendizado e não ficar de carteira vazia. 

As múltiplas oportunidades e projetos acadêmicos

Além de todos os desafios que já descrevemos, prepare sua agenda e reserve um tempo importantíssimo para as atividades complementares — são oportunidades que a faculdade oferece para os alunos que querem ir além do aprendizado previsto na grade curricular.

Além de aprofundar seu conhecimento e incrementar a descrição das atividades extracurriculares no currículo, você faz contato com diferentes realidades e amplia sua preparação profissional.

Veja alguns exemplos de atividades que você pode aproveitar:

  • programas de monitoria;
  • iniciação científica;
  • estágio;
  • voluntariado;
  • programa de intercâmbio;
  • participação em congressos, simpósios e palestras;
  • cursos de extensão.

A construção de bons relacionamentos

Em sua jornada universitária, é inegável que você vai conhecer muita gente — professores, colegas de turma, estudantes de outros cursos e períodos, alunos e profissionais em eventos acadêmicos etc. Dentre todos esses contatos, alguns podem se transformar em relacionamentos profissionais sólidos.

Isso mostra que os anos de faculdade representam o momento oportuno para começar a construir o famoso networking. Afinal, ali estão várias pessoas que seguem na mesma direção que você, ou seja, mais cedo ou mais tarde poderá surgir uma oportunidade em que seu nome seja referência. Por isso, vale ressaltar que todo empenho demonstrado na faculdade pode ser revertido em favor da sua carreira.

A transformação completa do indivíduo

Você viu que a sua jornada universitária vai ser repleta de desafios, mas saiba que cada um deles significa um degrau a mais no seu crescimento pessoal. Ao longo dos anos de faculdade, o estudante passa por uma transformação global: as habilidades são moldadas e o olhar crítico é aprimorado, trazendo novas posturas e pontos de vista.

O percurso pode parecer cansativo e cheio de obstáculos, mas as recompensas são sua garantia de que vale a pena seguir adiante. Na reta final da sua jornada universitária, a experiência será sua aliada e você chegará com facilidade à tão esperada conquista do seu diploma.

Esses direcionamentos foram úteis para você? Compartilhe este post em suas redes sociais e mostre o caminho para outros estudantes!

Você também pode gostar