Humanas ou Exatas: descubra qual área combina mais com você!

9 minutos para ler

Alguém já perguntou de que área você é? Esse é um questionamento feito com frequência a jovens que estão se preparando para ingressar no ensino superior. Enquanto alguns têm certeza da carreira que querem seguir, outros ainda estão na fase do questionamento “como saber se sou de Exatas ou Humanas?”.

A pergunta se refere a duas das principais áreas do conhecimento, que englobam, cada uma, inúmeras opções de graduação. Assim, embora escolher um curso superior seja uma missão complexa, ela pode se tornar mais fácil se você souber com qual dessas áreas se identifica.

Neste post, você finalmente vai descobrir qual área combina mais com o seu perfil. Por isso, continue a leitura e fique por dentro das informações que trouxemos sobre esses dois campos do conhecimento!

Quais são as características das Ciências Exatas?

Como o próprio nome indica, as Ciências Exatas têm, como base, o uso de cálculos para chegar a resultados exatos, tão precisos e objetivos quanto possível. Por esse motivo, o ideal é que os estudantes dos cursos dessa área apresentem algumas habilidades e características. Conheça, a seguir, as principais delas.

Afinidade com números

Uma vez que os cursos incluem muitos cálculos, é imprescindível que o aluno tenha habilidade para lidar com números. Contudo, é claro que essa é uma competência que pode ser desenvolvida e aprimorada ao longo do tempo, sendo o interesse e a disposição os pontos de partida fundamentais.

Já que os números são uma parte integral do curso e da vida profissional de quem opta por esse ramo, o gosto pelos cálculos deve ir além da habilidade, não é mesmo? Para quem realmente tem afinidade com a área de Exatas, os cálculos matemáticos não são obstáculos, mas sim desafios muito bem-vindos que deixam o cotidiano mais interessante.

Raciocínio lógico

O raciocínio lógico é, por definição, um processo mental que ajuda a solucionar problemas e chegar a conclusões. Logo, é importante notar que o estudante dos cursos de Exatas não podem ser pessoas que se limitam a memorizar conceitos ou que desistem quando não enxergam uma solução.

Eles precisam saber utilizar exatamente o recurso da lógica para, racionalmente, encontrar as respostas para as questões que procuram — ou, pelo menos, algumas possibilidades.

Capacidade analítica

Assim como o raciocínio lógico, a capacidade analítica é uma maneira de pensar. Quem apresenta essa habilidade consegue analisar fatos e situações detalhadamente, a fim de encontrar explicações para eles.

Na área de Exatas, isso é fundamental para a observação de dados e o desenvolvimento de hipóteses, o que é importante para solucionar os problemas a que os estudantes são expostos.

Interesse por tecnologia e inovações

Muitos cursos de Ciências Exatas envolvem novas tecnologias. Por essa razão, é indicado que os alunos sejam curiosos em relação às inovações, buscando se manter atualizados sobre as principais tendências do mercado — especialmente em suas áreas específicas de atuação.

Também é interessante que eles tenham certa criatividade para pensar em maneiras de inovar e, assim, contribuir para o progresso da tecnologia e da sociedade como um todo.

Não é que seja necessário assumir essa função de inventar coisas novas ou desenvolver ideias. Um professor de Matemática, por exemplo, naturalmente não tem as mesmas tarefas que um engenheiro. No entanto, esse interesse é visto como uma característica comum ao grupo.

Matérias relacionadas

Esse é claramente o perfil de alunos que costumam se dar bem em disciplinas como Matemática, Física e Química. Inclusive, muitos deles já “nascem” com certa facilidade e vocação para isso, o que pode servir de motivação desde a infância para seguir a área das Exatas.

E as características das Ciências Humanas?

As Humanidades, como esse campo do conhecimento também é chamado, tratam da produção criativa humana, analisando a sociedade por meio de acontecimentos históricos e culturais.

Desse modo, pode-se afirmar que as Ciências Humanas estudam o homem enquanto um ser social e todos os desdobramentos que surgem a partir disso. Logo, os estudantes que seguem nessa área normalmente apresentam um perfil composto pelas características que veremos na sequência.

Gosto pela leitura

Assim como os alunos dos cursos de Exatas devem ter afinidade com os números, os de Humanas precisam ter afinidade com a leitura. Isso porque as fontes de estudo encontram-se, em grande parte, na forma escrita. Portanto, a leitura acaba por ser um ponto crucial na construção do conhecimento.

Na hora de escolher um curso, é importante lembrar que as formações de Ciências Humanas incluem um grande volume de material para leitura e análise. Assim, o ideal é que o estudante realmente goste dessa atividade e tenha disposição para realizá-la com frequência.

Capacidade de reflexão

Sem reflexão, a leitura é apenas um ato mecânico, que nada tem a acrescentar à formação do indivíduo. Para apresentar resultados, ela precisa ser acompanhada por reflexões constantes — e, muitas vezes, conflitantes.

Porém, não pense que todo mundo já entra na faculdade com essa característica consolidada ou com um enorme talento para refletir e produzir considerações de todos os seus pensamentos.

Na verdade, a tendência é que o senso crítico do estudante se desenvolva cada vez mais no decorrer do curso e no exercício da sua profissão. A prática frequente é a melhor ferramenta para a evolução.

Interesse por pesquisa

É natural que reflexões levem a questionamentos. Essas questões, por sua vez, podem resultar em estudos que, a partir de pesquisas embasadas no método científico, buscam entender a sociedade e até contribuir para transformá-la.

Não por acaso, tantos estudiosos são reconhecidos pelas suas contribuições sociais. Retomando a ideia de que as Ciências Humanas estudam o homem enquanto ser social, nada melhor do que conseguir aplicações práticas desses estudos que sejam capazes de promover benefícios para todos ou para um grupo, não é verdade?

Contudo, não se engane que esse tipo de trabalho requer intensa dedicação e a identificação com o propósito deve ser a grande motivação do pesquisador.

Disposição para manter-se atualizado

A humanidade e a sociedade estão em contínua transformação. Aqueles que se dedicam a estudá-las não podem deixar de se atualizar para acompanhar e compreender essas mudanças.

Isso inclui não só bastante leitura, mas principalmente uma observação crítica do meio em que o indivíduo está inserido. A desatualização ou mesmo a opção pela alienação são riscos muito grandes para os profissionais envolvidos com as Ciências Humanas.

Matérias relacionadas

Por sua vez, as matérias voltadas para a área de Humanas não envolvem muitos números ou fórmulas. São elas: História, Geografia, Línguas, Filosofia, Sociologia e Artes. O contato do estudante com esses assuntos na educação básica favorece a formação de seres humanos mais conscientes.

Como saber se sou de Exatas ou Humanas?

Depois de conhecer um breve perfil de cada uma das áreas, provavelmente você já tem alguma ideia de qual delas combina mais com você. Sabemos que essa é uma resposta simples para algumas pessoas, enquanto para outras é um tanto quanto complexa.

Em geral, a identificação é relacionada com as disciplinas preferidas durante o Ensino Fundamental e Médio, o que ajuda a ter uma noção de qual é a sua tendência e garantir um direcionamento para definir sua carreira.

Se ainda tiver dúvidas e essa incerteza for determinante no momento de escolher uma faculdade, uma boa dica é pesquisar sobre a grade curricular de diversos cursos.

Procure saber quais são as matérias estudadas para reconhecer as opções com as quais você mais se identifica, imaginando se seria interessante passar alguns anos da sua vida aprofundando tais assuntos.

Para ajudar nessa missão e tentar facilitar um pouco mais, separamos alternativas de ambas as áreas. A seguir, conheça alguns dos cursos das Ciências Exatas:

  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas;
  • Ciência da Computação;
  • Ciências Contábeis;
  • Engenharias (Ambiental, Sanitária, Civil, da Computação, de Controle e Automação, de Petróleo, de Produção, de Telecomunicações, Elétrica, Mecânica, Química);
  • Física;
  • Logística;
  • Matemática;
  • Sistemas de Informação.

Agora, observe alguns exemplos de cursos das Ciências Humanas:

É claro que existem outras opções e reunimos aqui apenas algumas delas. Antes de qualquer coisa, pesquise a respeito dos cursos que você tem interesse para descobrir sobre as suas particularidades e tomar uma decisão consciente. A internet é um excelente recurso para fazer isso com praticidade.

A princípio, algumas graduações podem até parecer semelhantes, como é o caso do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e de Sistemas de Informação. Entretanto, cada um apresenta detalhes que fazem diferença na vida acadêmica e profissional. Aliás, o mercado de trabalho e as possibilidades de atuação são outro ponto que você deve considerar, já que não vai ficar estudando para sempre.

Portanto, reflita primeiro para tirar a dúvida de “como saber se sou de Exatas ou Humanas” da cabeça. Analise a sua personalidade, busque informações e, assim que conseguir tomar uma decisão, prossiga com pesquisas mais detalhadas. Lembre-se de que estamos falando do seu futuro e que, para alcançar satisfação pessoal e profissional, é importante pensar muito bem ao escolher uma carreira.

Então, gostou de conhecer mais sobre as Ciências Exatas e Humanas? Já tem ideia de qual delas é o caminho certo? O Rota das Carreiras pode ajudar você a escolher uma profissão! Acesse agora mesmo e teste o seu perfil profissional.

graduação de ExatasPowered by Rock Convert
Você também pode gostar