Descubra o que é networking e a importância de investir nele!

Pessoas fazendo uma reunião
8 minutos para ler

Cada vez mais os termos em inglês estão se inserindo em nossa vida cotidiana, especialmente, nos ambientes corporativos. E uma das palavras com o maior destaque nesse meio é networking. Provavelmente, você já ouviu esse termo, mas nem sempre num mesmo contexto. Fica confuso às vezes? 

Para te ajudar a entender de vez esse conceito, separamos este post, em que trazemos o que é networking, tipos de networking e dicas de como ampliar suas conexões.

Bora lá!

O que é networking?

Resumidamente, networking é a construção e manutenção de uma rede de contatos, buscando trocar informações e experiências, voltadas para o crescimento profissional de ambas as partes. 

A palavra vem do inglês e significa exatamente isso: rede de relacionamentos ou rede de contatos. Dessa forma, o networking não é sobre autopromoção, mas, sim, sobre uma troca de conhecimentos, como forma de construir um relacionamento profissional, aumentar sua visibilidade no mercado, encontrar oportunidades de negócios e de carreira, e como último ponto: vender.

Network ou networking?

É muito comum encontrar as duas formas sendo usadas como sinônimos, network ou networking, no entanto, elas não são. No inglês, network significa “sistema ou grupo de partes conectados”, uma rede, ou malha. 

networking, remete à atitude de se conectar, de manter ativa e em movimento uma rede de contatos que se transformam em relacionamentos, muitas vezes, duradouros. Para ter sucesso, depende de determinação e planejamento para ampliar o número de contatos, por meio da troca de experiências, projetos e outros interesses. 

Bom, agora que você entendeu o que é networking, vamos entender para que serve essa atitude.

Para que serve o networking?

Mulheres conversando
Colaborar é a palavra chave para um bom networking.

A base do networking é a interação e a colaboração. Ou seja, quando você curte um post, comenta frases, ou compartilha conteúdos, interage com seguidores, amigos, amigos de amigos e possíveis parceiros, está realizando networking!

Dessa conexão, cria-se sua rede de relacionamentos. Vale frisar que a quantidade de contatos em sua rede importa menos do que a qualidade deles, pois construir relacionamentos requer tempo e energia para criar e consolidar laços.

Quando o foco é profissional, vale a pena investir em planejamento e na interação em plataformas profissionais, como o LinkedIn, Bebee e Viadeo

Para construir essa rede colaborativa, pressupõe-se não só trocas profissionais, mas também o compartilhamento de seu cotidiano, metas e pensamentos. Por isso, é importante ser sincero. Saber com quem nos relacionamos nas redes traz confiança e credibilidade. 

Aqui vai uma dica importante: em redes profissionais, evite atitudes muito pessoais, pois é mais assertivo demonstrar equilíbrio, serenidade e conhecimento sobre suas publicações. Logo, mantenha-se atualizado sobre os assuntos de mercado que mais se encaixam em seu perfil.

Quais são os benefícios do networking?

Além de ampliar sua rede de contatos, o networking permite que seja visto tanto por empresas quanto por pessoas de interesses sintonizados com os seus.

Uma das principais vantagens dessa estratégia é a chance de estabelecer uma rede profissional sólida, com a qual possa contar e edificar parcerias de sucesso

Além disso, com tantas trocas de conteúdo e experiências, é possível ampliar nosso repertório sobre diversos assuntos e novidades, um dos melhores benefícios do networking. Ou seja, você fica mais antenado ao que está acontecendo no mundo, tem novos insights, novas visões sobre o mercado e, com isso, começa a construir o seu perfil profissional.

Quer entender como fazer um bom networking? Conheça as 5 dicas que este post preparou para você!

Como fazer um bom networking: 5 dicas!

1. Participe de eventos e de conversas. 

Entre em contato com executivos, gerentes, coordenadores ou até mesmo analistas de empresas, com as quais  você se identifica e possa aprender e colaborar ainda mais.

2. Crie conteúdos relevantes. 

Por meio do compartilhamento de ideias, artigos, projetos, você se torna interessante tanto aos olhos do algoritmo (por trás do sistema das plataformas) quanto dos usuários.

3. Exponha-se! 

Divulgue seus objetivos aos contatos com quem mais interage, dessa forma eles poderão lembrar de você, quando surgirem oportunidades.

quiz-descobrir-o-seu-perfil-empreendedor

4. Sempre colabore e atue para o enriquecimento da rede de relacionamentos. 

Coloque-se à disposição e compartilhe ideias com as quais se identifique, como também as que questione, a fim de debatê-las (de forma saudável). Saber ouvir também é importante no networking profissional.

5. Por último, mas não menos importante. 

Mantenha sempre seus perfis e contatos atualizados. Ser encontrado é o ponto principal para um bom networking.

Já que entendeu como fazer um bom networking, que tal saber como conseguir as melhores posições no mercado de trabalho? Esse é também um ponto importante para quem está começando agora no mundo profissional.

Estratégias para ajudar no desenvolvimento de sua carreira

Conheça alguns tipos de networking e como eles podem ajudar na sua carreira. 

Deu para entender a importância do networking, né? Então, agora vamos falar sobre desenvolvimento de carreira, isso porque, esses dois pontos estão interligados: uma boa carreira começa com um bom networking. 

Conheça os diferentes tipos de networking, e saiba lidar bem com todos para um bom futuro profissional.

  • Networking Pessoal

O objetivo central é divulgar interesses pessoais, como viagens, culinária, livros, séries, documentários, dicas nutricionais, entre outros tantos gostos.

Nesse caso, quando seu objetivo é apenas interagir nas redes, criando relacionamentos colaborativos e de ajuda mútua, o Instagram é a rede mais usada. Como você tem acesso a milhares de contas, desde influencers a desconhecidos, as possibilidades de interagir são infinitas! 

Por isso, pesquisar perfis parecidos com o seu é essencial para construir relacionamentos que agreguem valor a grupos com que se alinha. É importante também abrir-se ao diferente, conhecer perfis que possuem gostos diversos, a fim de abrir nossa mente e diminuir preconceitos com os quais crescemos.

  • Networking Business

Mais focado nos negócios, supõe que os interessados sejam empreendedores que almejam criar parcerias B2B (Business to Business, ou seja, entre empresas). 

Se pretende abrir um negócio, principalmente, neste momento de pandemia, você deve interagir no LinkedIn, especialmente, com contatos que entendam da área do segmento no qual planeja entrar. 

Além disso, é essencial pesquisar, no LinkedIn Analytics, sobre quais perfis apresentam bons resultados, a fim de compreender os requisitos para criar páginas atraentes para os usuários da rede.

Para pequenos negócios, a dica é ter uma conta profissional no Instagram for Business, fundamental hoje, já que 83% dos usuários buscam por novos produtos ou avaliações de marcas na rede social, de acordo com um estudo da Statista, feito em 2018.

Com certeza, você já deve ter pesquisado roupas e acessórios na página da loja online. Como a rede é uma verdadeira vitrine, conhecer as dicas de Marketing para criadores que ela fornece ajuda bastante no início do seu negócio.

  • Networking Profissional

Como falamos, os benefícios do networking profissional englobam desde a ampliação de contatos de trabalho, até a consolidação de parcerias em projetos, a contratação em grandes empresas e a descoberta de novos interesses.

Por isso, se você está em busca de colocação profissional, o LinkedIn é a melhor rede a acessar e conhecer. Porém, para que tenha seu perfil divulgado de forma eficaz, precisa colaborar com a rede. Mas, como? 

Como usar o LinkedIn para ajudar no seu networking?

O LinkedIn é a maior rede de profissionais do mundo e foi criada para conectá-los entre si e com empresas. Por meio de plataforma intuitiva, seus 756 milhões de usuários (em 200 países) se informam não só sobre vagas, mas também sobre novidades de sua área de atuação e de outras áreas de seu interesse.

Segundo pesquisa sobre o comportamento dos usuários do LinkedIn, no Brasil, dos milhões que acessam a plataforma, mensalmente, 51% afirmam que a utilizam para ler artigos, 48% para acompanhar as novidades do feed e 38% para fazer networking. Como se vê, a plataforma não se restringe aos anseios profissionais

Portanto, para estar visível, é preciso ser atuante, publicar textos interessantes sobre temas variados, compartilhar dados que possam ajudar seus contatos a encontrar boas oportunidades, participar de eventos diversos e de fóruns de discussão. Essa troca é imprescindível para um networking de sucesso.

Ao criar conteúdos relevantes, que tenham qualidade e seriedade, e interagir, constantemente, com outros usuários, você demonstra interesse, engajamento e disposição para conhecer novos ares e pessoas, o que plataformas adoram!

Agora que você entendeu o que é networking e a importância de investir nele para seu desenvolvimento profissional e pessoal, saiba como a Estácio ajuda seus alunos a crescer na profissão com as boas práticas para usar o LinkedIn!

Você também pode gostar

Deixe um comentário