Curso técnico ou faculdade: qual a melhor opção pra você?

Homem em sua formatura
8 minutos para ler

Já terminou o Ensino Médio e não sabe que caminho seguir: curso técnico ou faculdade? Esse tipo de dúvida é muito comum nessa etapa da vida, porque consiste no momento de tomar decisões importantes. 

Visto isso, vamos trazer informações essenciais que podem facilitar a sua escolha entre um curso técnico ou faculdade. Acompanhe, a seguir!

O que é curso técnico?

Para se decidir entre curso técnico ou faculdade, é preciso saber o que cada um é e seus benefícios, então vamos lá?

O curso técnico é o que prepara estudantes de Ensino Médio e recém-formados para funções mais práticas, de diversas áreas do conhecimento, de acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), mantida pela atual Secretaria de Trabalho

Por priorizarem a didática voltada ao mercado de trabalho, os cursos técnicos possuem duração menor do que os de graduação. 

Essa modalidade divide-se em três categorias

  1. Curso Técnico Subsequente (Ensino Médio concluído);
  2. Curso Técnico Concomitante (durante o Ensino Médio);
  3. Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio (Fundamental concluído).

O MEC (Ministério da Educação) disponibiliza 227 cursos técnicos, distribuídos entre 13 eixos tecnológicos. Ou seja, há muita oferta para se desenvolver na área que mais te atrai.

Quais as vantagens de fazer um curso técnico?

Agora que você já sabe o que é, confira 3 vantagens de fazer um curso técnico:

  • Permite, a alunos do Ensino Médio, a partir dos 14 anos, já ter contato com o mercado de trabalho;
  • Possibilita conhecer as práticas mais cotidianas de cada área;
  • Independência financeira ainda no Ensino Médio.

Além disso, é possível se aprofundar na área que escolher, por meio do mestrado e do doutorado profissionais

O que é graduação?

Garoto estudando em uma sala de aula
Para se decidir entre curso técnico ou faculdade é importante entender os prós e contras em cada um dos casos.

A graduação é uma formação mais profunda do que o ensino técnico. Por meio de cursos que duram, em média, entre 3 e 6 anos, os estudantes têm contato com conceitos, discussões teóricas e com a prática em empresas e instituições na forma de estágio, antes da diplomação.

Para ingressar na graduação, é preciso estar formado no Ensino Médio, prestar o vestibular das instituições, ou, por meio do Enem, entrar nas universidades públicas e privadas que aceitam a nota do exame como requisito de entrada.

A graduação possui três níveis: bacharelado, licenciatura e tecnólogo. A formação depende do objetivo profissional e do currículo do curso na instituição em que é oferecido. 

Conheça as principais diferenças entre os 3 níveis de graduação:

  • Bacharelado: visa mais à pesquisa e à extensão universitárias, possuindo currículos que proporcionam uma formação mais geral, também voltada ao mercado de trabalho (duração média: entre 4 e 6 anos);
  • Licenciatura: engloba a formação geral que se soma à capacitação pedagógica para ministrar aulas nos ensinos fundamental e médio (duração média: entre 4 e 6 anos);
  • Tecnólogo: forma, especificamente, para o mercado de trabalho; ou seja, há disciplinas teóricas, mas o foco maior são as aulas práticas e os trabalhos de campo que aprofundam o conhecimento para atuar na área escolhida (duração média: entre 2 e 3 anos).

Se interessou? Então, conheça as vantagens de fazer uma faculdade flex!

Agora que você já sabe o que é cada um deles, para conseguir se decidir entre curso técnico ou faculdade, vamos conferir as vantagens que uma graduação pode lhe proporcionar? Acompanhe, abaixo!

Quais as vantagens de fazer uma graduação?

Conheça agora 4 vantagens de fazer cursos de graduação:

  • Aprofundamento de conhecimentos teóricos e práticos; 
  • Variedade de opções de emprego;
  • Possibilidade de se especializar em diversas áreas;
  • Maiores remunerações no futuro (em muitas áreas, estágios oferecem excelente rendimento!).

Segundo a PNAD-2019 (Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílio Contínua), quem possui diploma de graduação completa tem a vantagem de ganhar, aproximadamente, 3 vezes mais do que quem tem apenas o Ensino Médio completo. 

Depois de recebido o diploma da faculdade, você ainda pode aprofundar o conhecimento adquirido no curso, o que é muito valorizado pelas empresas e também amplia as áreas em que poderá atuar, caso se decida por um concurso público de nível superior.

Outra vantagem é o fato de haver programas de mestrado e doutorado (nível stricto sensu), que permitem continuar na carreira acadêmica, inclusive como professor universitário (requer mestrado ou doutorado). 

Ainda existem os programas de especialização (nível lato sensu), como MBA, por exemplo, para quem quer se aperfeiçoar na área de gestão e de administração.

quiz-descobrir-o-seu-perfil-empreendedor

Ainda em dúvida sobre que graduação fazer? Saiba qual é o futuro das carreiras!

Curso técnico ou faculdade: quais as diferenças entre eles?

Homem estudando em uma mesa de café
Independentemente se você escolher curso técnico ou faculdade, o importante é continuar estudando sempre!

Para ter certeza entre curso técnico ou faculdade, esse resumo vai trazer as principais diferenças entre eles.

Confira 3 características dos cursos técnicos:

  1. Investimento financeiro menor;
  2. Grade curricular essencialmente prática;
  3. Empregabilidade alta, principalmente nos setores operacionais e administrativos.

Já a faculdade, amplia as possibilidades profissionais, porque, entre outros fatores:

  1. É muito valorizada pelas empresas e instituições;
  2. Expande a rede profissional de contatos;
  3. Aumenta as chances de contratação mais rápida, principalmente em tempos de crise.

Dica da Estácio: faz-se necessário frisar que, independentemente de escolher entre curso técnico ou faculdade, estudar sempre é fundamental para construir uma carreira sólida.

Como fazer um curso técnico?

Para fazer um curso técnico, o primeiro passo é conhecer sua necessidade e seu perfil profissional. 

Tem noção da área em que almeja atuar, mas quer saber mais sobre os cursos? Acesse o catálogo de cursos técnicos do Ministério da Educação e conheça as centenas de opções em muitas áreas. 

Depois de decidir, pesquise as instituições públicas e privadas de Educação Profissional e Tecnológica que ofertam cursos técnicos, para matricular-se no que escolheu.

Como fazer faculdade?

Tem certeza do curso de graduação perfeito para você? Faculdades públicas e privadas possuem cursos superiores, mas, apesar de gratuitas, nas públicas, nem sempre há vagas para entrar no que deseja. 

Dica de ouro: nesse contexto, optar pelas faculdades privadas é uma ótima solução. Ainda mais com as bolsas e programas que podem facilitar bastante o ingresso no ensino superior.

Além de estrutura e tradição, instituições como a Estácio oferecem centenas de cursos reconhecidos pelo MEC e são flexíveis quanto a currículo e formatos de pagamento. 

Há subsídios, como o ProUni (Programa Universidade para Todos), que o ajudam a se comprometer com as mensalidades, ou que permitem o pagamento após sua diplomação.

Conheça outros programas que facilitarão sua entrada na faculdade!

Afinal, qual é a melhor opção: curso técnico ou faculdade?

Alunos em sala de aula da faculdade
O que mais vai pesar na hora de escolher entre curso técnico ou faculdade são os seus objetivos e a sua realidade atual.

Para entender se a melhor opção é curso técnico ou faculdade, primeiro, você precisa conhecer o seu perfil e traçar objetivos!

Quer aperfeiçoar-se na área em que atua? Um curso técnico pode ser a solução. Porém, a faculdade sempre abre mais portas! Não só no ramo que já conhece, mas em outros com que tiver contato durante a graduação.

Por meio dos programas de bolsa das faculdades particulares e de apoio do Governo Federal, é mais fácil acessar a graduação. 

Na Estácio, por exemplo, além de flexibilidade de preço por disciplina, você encontra estruturas modernas em seus campi e nas plataformas de ensino a distância. 

Com programas como o #EstácioTáPago, por meio do qual você paga parcelas acessíveis e ainda recebe bolsas, a Estácio garante seu diploma de curso superior.

Dentre as vantagens da graduação na Estácio, destacam-se: 

  • Área acadêmica reconhecidamente bem estruturada;
  • Parcerias com empresas e hospitais renomados;
  • Aulas que usam tecnologias de ponta, como laboratórios em 3D e simuladores, que ajudam a se preparar melhor para o mercado;
  • Diversidade de cursos;
  • Mensalidades que cabem no seu bolso;
  • Milhares de unidades pelo Brasil! 

Se entre curso técnico ou faculdade optou pela graduação, conheça os programas de direcionamento de carreira da Estácio, fundamental para caminhar com mais segurança na profissão escolhida! 

Você também pode gostar

Deixe um comentário