As 8 principais linguagens de programação da atualidade!

linguagens da programação
6 minutos para ler

Com a tecnologia ocupando um lugar central em tantas esferas da sociedade, conhecer linguagens de programação é um enorme diferencial no currículo, capaz de abrir portas em um mercado repleto de oportunidades.

Para que você tenha uma ideia, o Panorama de Talentos em Tecnologia1, organizado pela Google for Startups, mostra que há um déficit de profissionais nesse mercado: até 2030, haverá mais de 85 milhões de empregos não ocupados na área por falta de especialistas.

Isso significa que, para quem tiver qualificação, o cenário é altamente promissor. E não só isso: conhecer os principais “idiomas” falados por sistemas computadorizados é uma habilidade que será cada vez mais requerida, mesmo em profissões que não são diretamente da área de tecnologia.

Há quem diga, até mesmo, que não ter esse conhecimento será o “analfabetismo do futuro”, como afirma uma especialista em tecnologia da informação2 em entrevista à BBC. Por isso, vale a pena conhecer as principais linguagens de programação e investir no seu aprendizado. Continue a leitura para dar o primeiro passo!

Quais são as 8 principais linguagens de programação?

As linguagens de programação são conjuntos de regras e símbolos utilizados para criar programas de computador. Elas são utilizadas para expressar algoritmos e instruções de forma que um computador possa compreender e executar.

Elas funcionam como idiomas: cada linguagem de programação possui sua própria sintaxe, semântica e conjunto de regras. Por isso, existem várias, cada uma voltada para propósitos e contextos específicos.

Algumas são especializadas em desenvolvimento web, outras em ciência de dados. Há também aquelas que dão base a jogos digitais e a sistemas embarcados, enquanto algumas são direcionadas para cálculos estatísticos. A escolha da linguagem muitas vezes depende do tipo de aplicação que está sendo desenvolvida.

Para que você tenha uma ideia geral, separamos 8 das principais linguagens de programação. Veja!

1. Python

Python é uma linguagem amplamente utilizada em muitas profissões de tecnologia. Ela é conhecida por sua sintaxe simples em comparação a outras, o que a torna amigável para iniciantes.

Essa linguagem é utilizada em uma variedade de domínios. É amplamente empregada em desenvolvimento web, ciência de dados, automação de tarefas, inteligência artificial e até mesmo em jogos.

2. JavaScrip (JS)

JavaScript é uma das mais conhecidas linguagens de script que permitem interatividade em páginas web. Ela é amplamente utilizada para o desenvolvimento de navegadores (no lado dos usuários), tanto de aplicações (no lado dos servidores).

Com ela, há a possibilidade de atualização dinâmica de conteúdos, interação assíncrona, manipulação de eventos do usuário e integração com HTML, entre muitas outras funcionalidades.

3. Java

A linguagem Java, por sua vez, é mais genérica e versátil, servindo a propósitos diferentes: ela é usada para desenvolver aplicativos de desktop e de dispositivos móveis, sistemas embarcados, servidores, aplicações de internet das coisas (IoT), entre outros.

Ela é caracterizada por ser uma linguagem de tipagem estática, diferentemente da JavaScript, que é dinâmica. Ela é compilada para bytecode, que é executado na Máquina Virtual Java (JVM).

4. C++

Outra linguagem utilizada em áreas da programação diversas é a C++, também considerada de propósito geral, como a Java. Ela é conhecida por ter um desempenho eficiente e controle direto sobre a memória, o que a faz ser uma das preferidas no desenvolvimento de sistemas que exigem alta performance.

Por isso, ela é bastante utilizada em jogos, sistemas operacionais, software de alto desempenho, sistemas embarcados e outros aplicativos que exigem eficiência computacional.

5. PHP

A PHP é uma linguagem de script usada para desenvolvimento web. Ela pode ser incorporada diretamente no código HTML e é muito utilizada no desenvolvimento de websites dinâmicos e aplicativos web.

Muitos sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS), como o WordPress, são construídos com PHP.

6. Swift

Swift, por sua vez, é a linguagem de programação da Apple, projetada para ser rápida, moderna e segura. É especialmente utilizada para desenvolver aplicativos iOS, macOS, watchOS e tvOS.

7. TypeScript

TypeScript é uma extensão do JavaScript que adiciona tipagem estática opcional. Ela é bastante utilizada no desenvolvimento web para criar aplicações robustas. Sua tipagem ajuda a evitar erros comuns e facilita o trabalho em grandes projetos.

8. R

Mais voltada para o meio científico e acadêmico ou em ciência de dados, R é uma linguagem amplamente utilizada para análises estatísticas e de dados. Ela possui uma vasta coleção de pacotes para visualização de dados.

É uma ferramenta poderosa para análise complexas, incluindo incluindo regressão linear, análise de variância, testes estatísticos e muito mais. Ela também permite a geração de gráficos em diversos campos científicos.

8. SQL

Por fim, a Structured Query Language (SQL) é uma linguagem de programação utilizada para gerenciar e manipular dados em bancos de dados relacionais. Ela fornece um conjunto de comandos que permite criar, recuperar, atualizar e excluir dados em bancos de dados relacionais.

Por isso, ela se faz muito presente no desenvolvimento de software, análise de dados e qualquer contexto onde seja necessário gerenciar e interagir com dados armazenados em bancos, como MySQL, Oracle, Microsoft SQL Server, entre outros.

Como desenvolver essas habilidades?

Gostou de conhecer essas linguagens de programação? Como você viu, existem várias e cada uma delas serve a um propósito. Não é preciso dominar todas, é claro, mas para desenvolver habilidades em programação, você precisará de bastante estudo e prática consistente.

Uma ótima ideia é fazer algum curso superior voltado para a área de tecnologia, como Ciência da Computação ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Você também pode fazer cursos livres dedicados a uma ou outra linguagem específica.

Além disso, anote outras dicas para desenvolver seus conhecimentos!

  • comece com uma linguagem de programação amigável para iniciantes, como Python ou JavaScript. Elas possuem sintaxes mais simples e são um ótimo ponto de partida;
  • participe de plataformas online, como a HackerRank, a LeetCode e a CodeSignal. Esses ambientes oferecem desafios de programação, exercícios e competições que são excelentes para aprimorar seus conhecimentos;
  • comece a enriquecer seu currículo profissional e o seu portfólio construindo pequenas aplicações de seu interesse ou participando de projetos de código aberto;
  • compartilhe seu código em comunidades online e peça o feedback de programadores mais experientes. Isso pode ajudar a identificar áreas de melhoria e a aprender cada vez mais.

Agora que você já conhece algumas das principais linguagens de programação e conferiu dicas para desenvolver esse conhecimento, é hora de colocar a mão na massa! Lembre-se, porém, que a tecnologia evolui muito rapidamente. Então, mantenha sempre a disposição para aprender novas técnicas, ferramentas, linguagens e paradigmas.

Então, que tal fazer uma graduação para quem curte programação? Saiba como é a formação do analista de sistemas!

  1. Panorama de Talentos em Tecnologia;
  2. Stephanie Shirley, em entrevista à BBC Brasil.
graduação de Exatas
Você também pode gostar