Dia do Veterinário: 6 áreas em alta na Veterinária

Dia do Veterinário: 6 áreas em alta na Vet
6 minutos para ler

Comemorar o Dia do Veterinário — 9 de setembro — é uma ótima maneira de enaltecer o trabalho realizado por esses profissionais tão importantes para o bem-estar dos animais. Além disso, a data é uma boa oportunidade de olhar para a profissão e conferir as áreas em alta na Veterinária.

Se você já cursou, está cursando ou pretende começar a faculdade de Medicina Veterinária, parabéns pela escolha de carreira! Mas que tal conhecer as principais áreas com potencial de crescimento no mercado pelos próximos anos? Continue a leitura e descubra.

Quando surgiu o Dia do Veterinário?

O Dia do Médico Veterinário foi criado em comemoração à regulamentação das atividades desse profissional no Brasil. Em 9 de setembro de 1933, Getúlio Vargas assinou o Decreto nº 23.133 regulamentando a profissão.

Esse decreto já foi revogado e substituído por novas normas, porém, a data ficou marcada como um momento relevante para os profissionais que atuam na Medicina Veterinária. Vale ressaltar que, além da data nacional, existe o Dia Mundial da Medicina Veterinária, comemorado no último sábado do mês de abril.

Como funciona a faculdade de Veterinária?

A faculdade de Veterinária é focada na assistência clínica e cirúrgica de animais domésticos e silvestres. Ela tem uma duração mínima de 10 períodos (5 anos) e, ao longo do curso, o estudante aprende a cuidar da alimentação, da saúde e da reprodução de animais (inclusive de rebanhos).

A grade curricular do curso tem matérias como Reprodução, Anatomia, Doenças Infecciosas do Mundo Animal, Citologia, Embriologia, Produção Animal, Enfermidades Infecciosas, Reabilitação Animal, entre outras. Aqui na Estácio, o curso também oferece aulas que permitem a atuação na área de Inspeção de Alimentos de Origem Animal.

Os nossos alunos de Medicina Veterinária contam com a Policlínica da Estácio, uma unidade formada por laboratório de diagnóstico, consultórios e centros cirúrgicos. A carga horária é composta por 50% de atividades práticas, focadas na atuação clínica, cirúrgica e de saúde coletiva. Os estágios orientados contemplam uma rotina indispensável na formação de profissionais preparados para o mercado de trabalho.

A faculdade de Veterinária, além de dar o embasamento teórico e aulas práticas de qualidade, deve facilitar o ingresso no mercado de trabalho. Nesse sentido, a Estácio é um dos grupos educacionais mais experientes do país. A empregabilidade, aqui, é uma grande preocupação, e nós sempre ajudamos os recém-formados a acessarem as melhores oportunidades, independentemente da área de atuação.

Quais são as áreas em alta na Veterinária?

Se você está considerando começar a faculdade de Medicina Veterinária, é importante conhecer mais sobre o mercado de trabalho e as oportunidades de especialização. A seguir, listamos algumas áreas em alta, com potencial de crescimentos nos próximos anos!

1. Anestesiologia

O médico veterinário especializado em Anestesiologia tem conhecimento na aplicação de anestesias em animais de pequeno, médio e grande porte. O conhecimento adquirido no curso de especialização permite ao profissional realizar a aplicação de anestesias em animais domésticos e selvagens, garantindo a segurança e bem-estar do animal durante uma cirurgia, por exemplo.

2. Cirurgia

O médico veterinário pode atuar com Veterinária Clínica e Cirúrgica. Embora alguns optem apenas pela área clínica, é bastante comum combinar as duas especialidades, ampliando a oferta de serviços.

Banner do ebook manual de organização de rotina para quem estuda e trabalha
Vestibular-online

Na Veterinária Cirúrgica, o médico se dedica à realização de procedimentos cirúrgicos mais complexos em animais domésticos e selvagens de diferentes portes. Para aprofundar o conhecimento na área, é interessante realizar residência médica e especialização em Cirurgia Veterinária.

3. Clínica médica de pequenos animais

Nessa área, o médico veterinário pode aprofundar o seu conhecimento para proporcionar um atendimento mais completo a cães e gatos, além de outros animais de pequeno porte, como hamsters, coelhos e aves.

Durante a pós-graduação, o estudante tem contato com disciplinas voltadas ao estudo do organismo de pequenos animais, contemplando áreas como o sistema cardiovascular, endócrino, digestivo, neurológico, respiratório e reprodutor.

4. Medicina felina

Os médicos especializados em felinos também têm ganhado espaço no mercado. Afinal, tutores de felinos têm buscado profissionais habilitados e com conhecimento aprofundado em doenças relacionadas ao universo dos gatos.

Os especialistas na área têm conhecimento sobre comportamento e alimentação, podendo direcionar os tutores de gatos com relação ao manejo e à criação de um ambiente adequado às necessidades de seus animais de estimação.

O veterinário focado em felinos ainda pode se especializar mais, como na Dermatologia. Assim, é possível ter um conhecimento direcionado às patologias comuns à espécie nesse sentido, tendo mais precisão no diagnóstico do que um clínico geral.

5. Nefrologia

O médico veterinário nefrologista vem sendo cada vez mais demandado nas clínicas veterinárias. Ele atua na prevenção e no tratamento de doenças renais — muito comuns em cães e gatos, principalmente —, além de dar o diagnóstico e o tratamento mais adequado para doenças do sistema urinário animal.

6. Oncologia

A Oncologia Veterinária é uma área destinada ao diagnóstico e ao tratamento de câncer em animais. Segundo o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Paraíba (CRMVPB), o câncer é a principal causa de óbito em animais de estimação, sabia?

Embora a incidência de tumores seja maior em cães do que em gatos, são os felinos com a maior quantidade de tumores malignos. Ainda conforme o CRMVPB, que cita dados do Hospital Veterinário da UFCG, 78% dos tumores em cachorros são malignos, enquanto nos felinos esse percentual sobre para 95,8%.

Esses dados são bem relevantes, pois demonstram a necessidade de contarmos com o suporte de profissionais especializados no tratamento e nos cuidados de animais diagnosticados com câncer.

Como você pode ver, as áreas em alta na Veterinária refletem a evolução contínua da profissão, adaptando-se às necessidades da sociedade e do meio ambiente. Uma das vantagens ao cursar a faculdade é que o estudante já tem contato com muitas disciplinas, ajudando a escolher a especialidade que melhor se encaixa nos seus interesses e aptidões.

Você gostou de conhecer sobre as áreas mais promissoras para a carreira de médico veterinário? Então, aproveite para conferir o curso de Medicina Veterinária da Estácio e descobrir se, no futuro, você também vai comemorar o dia 9 de setembro como a data da sua profissão!

Banner do ebook aprenda a alavancar sua carreira e aumentar seu salário!
Você também pode gostar