Ainda dá tempo: 7 dicas para você estudar para o Enem

estudar para o enem
6 minutos para ler

Conforme o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se aproxima, a pressão para obter um bom desempenho para entrar na faculdade aumenta cada vez mais. A boa notícia é que esse é um resultado possível, desde que a pessoa se dedique bastante na hora de estudar para o Enem.

O problema, por outro lado, é que é absolutamente normal ter dificuldades para se organizar nos estudos. Afinal, são muitos conteúdos para assimilar em um tempo que nem sempre parece o suficiente.

Neste artigo, você vai entender por que é tão importante se sair bem nessa prova, além de conferir 7 dicas imperdíveis sobre como estudar para o Enem. Por isso, continue a leitura e não perca nenhum detalhe!

A importância do bom desempenho no Enem

Especialmente ao longo do Ensino Médio, os estudantes sempre percebem as expectativas dos pais e dos professores em relação ao seu desempenho no Enem. Mas você sabe por que esse exame é tão relevante?

A princípio, o Enem foi criado como uma forma de avaliar a qualidade da educação básica no Brasil. Com o passar dos anos, porém, a prova passou por modificações e começou a ser usada como critério de seleção para o ingresso em instituições de Ensino Superior por todo o país.

É por isso que todo mundo se preocupa tanto com o resultado desse exame. Um bom desempenho no Enem é o primeiro passo para garantir uma vaga em cursos de graduação em instituições públicas e particulares. Nestas últimas, a nota pode ser usada não só como substituição do vestibular tradicional, mas também para conseguir bolsas de estudo e financiamento das mensalidades.

Em vista disso, é natural que o resultado gere tanta expectativa, não é mesmo?

7 dicas de estudo para tirar uma boa nota no Enem

Agora que você já não tem dúvidas sobre a importância do exame para o seu futuro, acompanhe as dicas que preparamos para ajudar você a estudar para o Enem.

1. Saiba o que é avaliado na prova

De modo geral, entende-se que as questões do Enem se referem aos conteúdos estudados ao longo do Ensino Médio. No entanto, embora exista uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC), é possível que alguns assuntos não tenham sido abordados, ou talvez não como deveriam.

Assim, o ideal é não se orientar apenas pelos assuntos que você estudou na escola. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) costuma divulgar a relação de conteúdos que são cobrados no exame, deixando bem claro o que você precisa estudar para o Enem. Então, aproveite essa informação para direcionar os seus estudos para o lugar certo.

2. Organize a sua agenda

Como dissemos, é bastante material para estudar e pode ser que você não tenha tanto tempo disponível. Por esse motivo, é imprescindível ter foco para não perder um tempo precioso que vai fazer falta quando a data da prova estiver chegando.

Desse modo, organize a sua agenda para estudar todos os dias, se possível. Mesmo que seja por apenas algumas horas, não perca a oportunidade de dar atenção ao seu objetivo — alcançar uma boa nota e entrar na faculdade.

Planilha de gastosPowered by Rock Convert

3. Siga um plano de estudos

Para estudar para o Enem com eficiência, você precisa fazer o melhor aproveitamento possível do seu tempo, certo? Isso pode ser feito com uma rotina de estudos bem organizada, ou seja, um planejamento que lhe sirva de guia para ter certeza de que não vai esquecer algum conteúdo importante.

Nesse sentido, uma ideia é determinar o que você vai estudar em cada dia da semana, bem como já deixar separado o material correspondente. Não se esqueça de reservar algum tempo para a resolução de questões, pois isso ajuda a fixar os conteúdos.

4. Use a internet a seu favor

Muito se fala que a internet e, principalmente, as redes sociais, distraem o estudante, podendo até causar grandes prejuízos, como o mau desempenho em uma prova tão necessária quanto o Enem. Contudo, a verdade é que, se bem usada, a internet tem tudo para ser uma ferramenta que fará toda a diferença no seu resultado.

Uma possibilidade é usá-la para acessar listas de exercícios e vídeos com explicações dos assuntos ou dicas sobre a prova do Enem. Isso ajuda bastante principalmente quem já concluiu o Ensino Médio e não tem mais a chance de tirar as dúvidas com os professores.

5. Pratique a redação

No Enem, a redação é um elemento fundamental para um bom resultado. O texto deve ser desenvolvido de acordo com as orientações da prova, seguindo o tema e o formato determinado. Do contrário, o estudante pode ter sua redação anulada, o que anula também as chances de usar a nota para ingressar no Ensino Superior.

Por isso, você precisa saber como fazer uma boa redação para o Enem. Habitue-se à estrutura do texto dissertativo-argumentativo — com introdução, desenvolvimento e conclusão — e pratique bastante, utilizando as propostas de redação das provas anteriores. Além disso, mantenha-se atualizado sobre os principais acontecimentos do mundo, pois há uma grande chance de o tema ser relacionado a algum deles.

6. Faça simulados

Uma vez que a prova apresenta características bem particulares, como a quantidade e o estilo das questões, que incluem muitos textos para interpretação e referências à atualidade, é melhor se acostumar com o modelo antes do grande dia chegar. Para isso, a dica é fazer simulados periodicamente.

Escolas de Ensino Médio e cursinhos costumam realizar simulados do Enem, mas você também pode incluí-los na sua rotina de estudos por conta própria. As provas dos anos anteriores ficam disponíveis online, então é só fazer o download, respondê-las e conferir o gabarito depois.

7. Dê atenção aos seus pontos de dificuldades

Todo mundo tem mais facilidade com uma ou outra matéria, não é mesmo? Para algumas pessoas, as questões de Exatas são mais simples, enquanto outras preferem as de Humanas. Assim, é importante que você identifique quais são os conteúdos nos quais tem mais dificuldades na hora de estudar para o Enem.

Para se sair bem neles, vale a pena apostar em várias técnicas de estudo, como fazer mapas mentais e resumos, entre outras. Descubra a estratégia que facilita a absorção dos conteúdos para você e melhore o seu desempenho nesses aspectos.

Por fim, não podemos deixar de mencionar que os momentos de descanso também são imprescindíveis para um bom resultado na prova. Estudar para o Enem requer dedicação e equilíbrio para que você tenha a tranquilidade necessária para conseguir aplicar tudo o que se esforçou tanto para aprender.

Gostou do nosso artigo? Então, compartilhe o link nas suas redes sociais e divida as nossas dicas com os seus amigos!

Você também pode gostar