O que é IR? Confira os prazos de 2024 e como declarar!

O que é IR? Confira os prazos de 2024 e como declarar!
9 minutos para ler

O Imposto de Renda foi instaurado no Brasil em 1922. Em 1979, passou a ser o tributo federal de maior arrecadação, segundo a Receita Federal.

Como o prazo para declaração do IR 2024 está vigente (15/03/2024 a 31/05/2024), preparamos este artigo para sanar todas as suas dúvidas: o que é IR, quem deve pagá-lo, como declará-lo, quando pagá-lo, quais documentos apresentar e, ainda: será que existe algum curso que te deixe por dentro de todos os impostos e tributos? Acompanhe!

O que é IR?

O Imposto de Renda é utilizado para monitorar as despesas, os ganhos e a evolução patrimonial dos contribuintes. Para se ter ideia da importância do tributo, em 2024, a Receita Federal prevê 43 milhões de declarações. Somente no primeiro final de semana, mais de 2 milhões de pessoas já encaminharam suas declarações.

Eu preciso fazer a declaração do Imposto de Renda?

Se você obteve renda tributável maior que R$ 28.559,70, entre salários e gratificações, deve baixar o programa ou o aplicativo (iOS e Android) da Receita Federal e realizar a declaração do IR.

Além disso, caso tenha adquirido, até 31 de dezembro de 2023, a propriedade ou a posse de direitos ou de bens, cujo valor total ultrapassou R$ 300 mil, precisa fazer a declaração. Isso vale também na eventualidade de seus rendimentos isentos totalizarem mais de R$ 40 mil.

O que acontece se eu não declarar o IR?

Se você se enquadra no perfil de contribuinte descrito acima e atrasar a entrega do IR 2024, precisará pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês — os valores variam entre R$ 165,74 e 20% do imposto devido.

Sou Micro Empreendedor Individual (MEI), devo declarar o IR?

Sim! (se atende aos critérios de obrigatoriedade). Nesse caso, faz-se necessário informar os valores tributáveis e os isentos. 

O passo a passo para a declaração de quem é MEI é um pouco diferente. Para isso, é preciso acessar o site do Simples Nacional, informar o CNPJ e marcar o ano de referência. Nesse caso, precisa marcar o de 2023, já que se refere aos ganhos que você teve no ano passado.

Depois, basta informar todos os valores arrecadados e encaminhar.

Tenho empréstimos, preciso fazer a declaração de IR?

Se você nunca declarou IR, mas não sabe se, em 2024, necessita fazê-lo por ter tomado empréstimos, a resposta é não! (caso não se encaixe nos perfis de contribuinte citados anteriormente). Isso porque o saldo ou a obtenção de dívidas não configura critério de obrigatoriedade de declaração do Imposto de Renda.

Quais documentos preciso apresentar para declarar o IR?

Outra dúvida recorrente diz respeito à papelada necessária para realizar a declaração de IR. Veja, abaixo, a lista completa da documentação:

  • Informes de rendimentos de instituições financeiras;
  • Informes de rendimentos de salários, de pró-labore, de distribuição de lucros, de aposentadoria, de pensão etc.;
  • Informes de rendimentos de aluguéis de bens móveis e imóveis recebidos de pessoas jurídicas;
  • Informações e documentos de outras rendas recebidas no ano, como pensão alimentícia, doações e herança;
  • Resumo mensal do livro-caixa com memória de cálculo do carnê-leão;
  • DARFs de carnê-leão; 
  • Documentos que comprovem a compra e a venda de bens e de direitos;
  • Cópia da matrícula do imóvel e/ou escritura de compra e venda;
  • Boleto do IPTU de 2023;
  • Contratos sociais de empresas das quais é sócio;
  • Informações e documentos de dívida e de ônus contraídos e/ou pagos no período.
  • Dados da conta bancária para restituição ou débitos das cotas de imposto apurado (caso haja);
  • Nome, CPF, grau de parentesco dos dependentes, data de nascimento e endereço atualizado;
  • Cópia da última declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (completa) entregue;
  • Recibos de pagamentos ou informes de rendimento de plano ou de seguro-saúde (com CNPJ da empresa emissora e indicação do paciente);
  • Despesas médicas e odontológicas em geral (com CNPJ da empresa emissora ou CPF do profissional, com indicação do paciente);
  • Comprovantes de despesas com educação (com CNPJ da empresa emissora e indicação do aluno);
  • Recibos de doações efetuadas;
  • Comprovante de pagamento de pensão alimentícia em decorrência de decisão judicial por alimentando.

Como declarar o Imposto de Renda sem erro?

A seguir, a gente selecionou algumas dicas para não errar na declaração de Imposto de Renda. Confira!

Tenha atenção ao prazo

Antes de mais nada, é importante ter atenção ao prazo final. Como vimos, você tem até dia 31 de maio para enviar a declaração. Caso não seja enviado na data certa e você não tome nenhuma providência em relação a isso, existem os riscos de seu CPF ser cancelado e também de ser acusado de crime federal.

Deixe todos os documentos separados

Como o prazo é relativamente tranquilo, de pouco mais de dois meses, já deixe todos os documentos necessários separados. Normalmente, as empresas encaminham o informe de rendimentos que facilitam para a declaração.

Entenda quais são os valores do seu patrimônio

Aqui, vale uma dica importante: você precisa ter ciência de qual é o valor de seu patrimônio. Exemplo: caso tenha adquirido um carro, o importante é ter o conhecimento sobre o que ele vale de fato, e não o que você acha que vale.

Tenha cuidado com erros de digitação

Acredite: essa dica é bem importante! No momento de preencher a declaração de Imposto de Renda, sempre tenha atenção quanto à digitação. É comum que as pessoas errem nesse momento e dê inconsistência com o Governo Federal.

Saiba como a Estácio pode auxiliar

Ao longo do material, vimos que são muitos os detalhes a respeito da declaração de Imposto de Renda, suas documentações necessárias e também sobre prazos. Por essa razão, quando você conta com o apoio de pessoas especialistas, tudo fica mais fácil.

Os alunos de Ciências Contábeis da Estácio buscam oferecer esse apoio às pessoas de modo geral, especificando prazos, analisando as documentações e trazendo todas as questões que normalmente geram dúvidas no momento da declaração.

Para isso, basta acessar o site da Estácio e conferir a universidade mais próxima que conta com esse serviço.

Não deixe para última hora

Por fim, recomendamos que você não deixe para última hora. Assim, qualquer informação que necessite, você tem a possibilidade de conferir previamente para que a declaração seja encaminhada dentro do prazo certo e você esteja em dia com as questões tributárias e com o fisco.

Quer entender mais sobre o que é IR? Faça cursos da Estácio!

Agora que você já sabe o que é IR, acompanhe alguns cursos da Estácio que oferecem ótimos insumos sobre impostos e tributos.

É normal que temas financeiros e administrativos tragam muitas dúvidas, principalmente, se você finalizou o Ensino Médio há pouco tempo e busca colocação no mercado de trabalho. 

A Estácio entende as dificuldades de fazer a transição entre o fim da jornada escolar e o início da profissional; por isso, oferece diversos benefícios para fortalecer sua caminhada rumo à independência financeira

Dentre eles, destacam-se: 

  • Flexibilidade de preço por disciplina; 
  • Mensalidades que cabem no seu bolso; 
  • Bolsas de estudo; 
  • Pagamento diferenciado; 
  • Área acadêmica bem estruturada e renomada no mercado;
  • Aulas práticas, que o ajudam a se preparar melhor para o mercado;
  • Parcerias com empresas importantes do mercado;
  • Diversas unidades pelo Brasil. A Estácio está em todos os lugares!

Veja, abaixo, 3 cursos da Estácio para desenvolver todo o seu potencial: Ciências Contábeis, Gestão e Administração.

Ciências Contábeis: por que fazer?

Além de auxiliá-lo a entender o funcionamento do Imposto de Renda, o curso de Ciências Contábeis da Estácio o tornará apto a funções voltadas ao mercado financeiro, à negociação empresarial, ao planejamento de carreira e sucesso profissional, à auditoria e etc. 

O curso de Ciências Contábeis vai oferecer ao profissional toda a expertise para atuar em diferentes frentes de tributação. Inclusive, são os próprios alunos da Estácio que oferecem o apoio necessário para as pessoas que desejam tirar dúvidas a respeito do IR em 2024.

Entre os principais diferenciais do curso, destacam-se especialmente:

  • alta empregabilidade em diferentes áreas, tanto em escritórios de contabilidade quanto em empresas que gostam de trazer esse profissional para dentro de sua realidade;
  • oportunidades para todas as faixas etárias;
  • possibilidade de empreender, trazendo a oportunidade para que você tenha seu próprio escritório sem a necessidade de um alto investimento inicial;
  • oportunidade de estar em um curso que consegue abranger diferentes áreas de ensino, tanto de humanas quanto de exatas.

Saiba tudo sobre como é estudar Ciências Contábeis acessando o nosso guia sobre o curso! 

INCLUIR VÍDEO:

https://www.instagram.com/reel/C5ZFXxjvllh/?igsh=MmhjeW1tbG5tOGxv

Entendendo o curso de Gestão!

O principal benefício do curso de Gestão da Estácio é habilitar você a atuar com visão estratégica em diversos segmentos, como: 

  • Gestão Comercial;
  • Gestão da Qualidade;
  • Gestão da Tecnologia da Informação;
  • Gestão de Recursos Humanos;
  • Gestão de Segurança Privada;
  • Gestão Hospitalar;
  • Gestão Pública.

Gostou? Acesse todas as informações sobre o curso!

Administração: você empreendedor!

O curso de Administração da Estácio torna você apto a desempenhar muitas das funções citadas anteriormente, mas o grande diferencial é prepará-lo para empreender!

Ao fim do curso, você compreenderá aspectos como análise de mercados e projeção de cenários, plano de negócios, cultura empreendedora, dentre outros!

Neste material, você pôde entender um pouco mais sobre o que é IR, quais são as particularidades para 2024 e suas principais datas. Como vimos, existem formas de ser auxiliado durante este momento, como é o caso da Estácio.

Se quer conferir quais são as localidades mais próximas de você, continue em nosso site!

Baixe nosso material sobre faculdade a distância agora mesmo!
Você também pode gostar

Deixe um comentário