Novas ferramentas na educação remota? Saiba quais são elas!

Menina tendo aulas remotas
4 minutos para ler

Por conta da necessidade do distanciamento social decorrente da pandemia, a educação remota, assim como o trabalho remoto, se tornaram realidade pra muita gente no Brasil —  e no resto do mundo. 

Entretanto, por se tratar de uma estrutura tão recente e distante da nossa cultura de trabalho e estudos, é normal que surjam dúvidas sobre as ferramentas que os professores e alunos utilizam no dia a dia, né?

E que tal entender um pouco mais sobre essas novas ferramentas pra educação remota, bem como a usabilidade e funções dessas tecnologias? Bora lá!

O que é educação remota?

Uma educação remota é aquela onde alunos podem cursar disciplinas sem a necessidade de estar presente em uma sala de aula. Desse jeito, professores podem lecionar suas matérias fora do ambiente escolar, permanecendo em casa durante o semestre ou ano letivo.

A educação remota já existe há algum tempo pra alunos de cursinhos e de cursos superiores. A grande novidade mesmo foi pra quem estuda ou leciona no ensino básico, já que esses precisaram se adaptar rapidamente a essa nova modalidade de ensino.

Como funcionam as aulas remotas?

As aulas remotas podem se organizar de diferentes formas. Confira algumas:

Aulas síncronas

De modo geral, aulas síncronas são aquelas nas quais os participantes estão conectados em tempo real. Ou seja, nesse modelo de educação remota, professores e alunos têm horário marcado pra ficarem on-line na plataforma escolhida, sendo possível tirar dúvidas e realizar atividades “ao vivo”.

Aulas assíncronas

As aulas assíncronas não necessitam que todos os participantes estejam on-line ao mesmo tempo. Os professores podem, por exemplo, gravar a aula previamente e disponibilizá-la aos alunos, pra que cada um assista no momento em que for melhor. 

Essa forma de educação remota é mais ou menos o que já acontecia em cursinhos e faculdades EaD.

Alguns professores também optaram por manter aulas síncronas, porém atividades assíncronas. Desse jeito, as lições de casa permanecem do mesmo jeito que eram antes!

Computador ligado com a aula remota
Sabia que para muitas pessoas a educação remota já era uma realidade muito antes da pandemia?

Qual a diferença entre educação remota, online e EaD?

Ainda que haja diferenças pontuais entre as formas de ensino à distância, todos eles são entendidos como uma categoria de educação remota. Vamos entender um pouco melhor:

As aulas online são uma medida de caráter temporário autorizadas pelo MEC, com o objetivo permitir a continuidade dos estudos de crianças, adolescentes e adultos durante o período de distanciamento social.

Como você viu, as aulas online podem ser síncronas ou assíncronas. Isso fica a critério da instituição, levando em consideração idade e fase de ensino que os alunos se encontram.

Já a sigla EaD corresponde a modalidade de ensino à distância. Essa modalidade já existia muito antes da pandemia e era comum pra tecnólogos, faculdades e pós-graduações. 

Nessa modalidade, é mais comum que as aulas sejam assíncronas. Apenas as provas ou trabalhos finais são realizados de maneira síncrona — ou mesmo presencial.

Dessa forma, as duas formas se encaixam na categoria de educação remota!

Educação remota: como a tecnologia pode auxiliar?

Como você deve imaginar, a educação remota tem como base a existência de diferentes tecnologias, certo? Muito mais do que auxiliar, o uso de tecnologia é essencial para que a educação remota continue existindo.

3 novas ferramentas e aplicativos para educação remota

Conheça algumas novas ferramentas que facilitam a vida de alunos e professores:

Canvas

Essa plataforma permite criar apresentações, infográficos e diversos outros conteúdos visuais. Existe uma versão gratuita da ferramenta, com funções destinadas a educadores e alunos. Para os professores terem acesso à forma gratuita, basta preencher um cadastro e comprovar sua profissão.

Inshot

O Inshot é uma excelente ferramenta na educação remota. O programa permite a edição de vídeos de uma forma muito prática e intuitiva.

oCam

Para os alunos que preferem gravar as aulas da própria tela do computador, o oCam é a melhor opção. Já para os professores, essa é uma opção gratuita e fácil de utilizar.

Gostou de entender sobre essas novas opções para suas aulas? Clique aqui e veja também outras ferramentas que podem facilitar ainda mais a conversa com seus alunos e colegas de sala!

Baixe nosso material sobre faculdade a distância agora mesmo!
Você também pode gostar

Deixe um comentário