5 dicas para você começar a empreender na faculdade hoje mesmo

empreender na faculdade
7 minutos para ler

A fase da graduação é conhecida por abrir caminhos para diversas experiências. Algumas atividades, no entanto, são pouco conhecidas por quem estuda ou pretende ingressar no ensino superior. Um bom exemplo é a oportunidade de empreender na faculdade.

Você já ouviu falar de alguém que começou um negócio enquanto estava na graduação? Com a valorização do empreendedorismo, é esperado que cada vez mais pessoas tenham interesse em iniciar alguma atividade nesse momento da vida.

Trata-se de uma opção interessante para testar ideias inovadoras e colocar diversos conhecimentos em prática. Dependendo da modalidade escolhida, você até consegue obter uma renda extra com a criação de um projeto próprio.

Quer saber como fazer isso? Fique conosco e confira os passos necessários!

1. Estabeleça bons contatos

O famoso networking, que representa a rede de relacionamentos mantida entre profissionais, é elemento-chave no mundo dos negócios. Tenha isso em mente sempre que pensar na possibilidade de empreender.

O interesse em conhecer novas pessoas deve existir desde o início da graduação. Você pode fazer isso ao frequentar grupos estudantis, ao realizar atividades voluntárias ou interagir com os colegas e docentes em sala de aula.

É importante conversar com as pessoas para entendê-las e identificar pontos de interesse em comum. Assim, você terá condições de propor alguma parceria para iniciar um negócio.

Durante a folga das aulas, também poderá participar de feiras de negócios e fazer visitas guiadas a empresas. São programas excelentes para gerar contatos profissionais e obter ideias para empreender.

2. Não descuide dos seus estudos

Nem sempre é fácil conciliar atividades com propósitos distintos. No entanto, se o seu objetivo é iniciar um negócio na graduação, procure otimizar seu tempo para dar conta de tudo. O ideal é tratar os estudos da faculdade como prioridade e reorganizar seus horários.

Por exemplo, se você pretende adquirir conhecimentos na área de gestão, comece a incluir leituras sobre o tema em seus momentos de folga. Outra possibilidade para aprender mais sobre negócios é estudar nas férias, quando a demanda pela revisão de conteúdos diminui.

Mesmo que não seja possível empreender em uma área relacionada à carreira escolhida, você pode tirar proveito de alguns ensinamentos e experiências da faculdade ao montar um negócio.

3. Prepare-se para iniciar essa etapa

Organização e disciplina deverão fazer parte da sua rotina. Afinal, você precisará manter o bom desempenho na faculdade enquanto pensa em formas de inovar com uma ideia ou projeto.

Nessa situação, algumas ferramentas e métodos podem ser bastante úteis para organizar sua agenda. Sistemas com planilhas digitais e aplicativos, por exemplo, permitem anotar compromissos importantes, acompanhar prazos e gerar lembretes com alarme.

Com o auxílio desses recursos, você não terá problemas com esquecimentos e garantirá maior controle de cada ação ao longo do semestre.

Outro passo importante do planejamento é definir como você pretende aplicar suas ideias de negócio. Para isso, vá anotando todas as soluções que vêm à mente e converse com pessoas de sua confiança, de modo a obter outros olhares sobre a proposta.

Vestibular-onlinePowered by Rock Convert

Se precisar de motivação, pesquise casos de sucesso e se inspire com histórias de diferentes empreendedores. Procure saber como começaram suas trajetórias, quais desafios enfrentaram, o que fez com que quisessem mudar de carreira, entre outros detalhes.

4. Conheça as formas de empreender na faculdade

Existem diversas maneiras de aplicar uma ideia ou iniciar um projeto na graduação. As alternativas, no entanto, podem variar de uma instituição para outra. Para ter certeza sobre as possibilidades e escolher a opção certa, é importante que você se informe com antecedência.

Veja algumas formas de empreender e identifique qual tem mais a ver com os seus objetivos.

Montar uma empresa

Essa é uma das escolhas mais prováveis de quem tem perfil empreendedor, já que dá uma boa noção das etapas necessárias para abrir um negócio. Mesmo quando surgem no ambiente da universidade, as chamadas startups podem atender pessoas e instituições da sociedade.

É claro que a gestão desse tipo de empresa será feita exclusivamente por estudantes, de um ou mais cursos. Em todo caso, o convívio com colegas será útil para discutir propostas e aprender a lidar com opiniões distintas — ambas práticas presentes no cotidiano de qualquer organização.

Desenvolver um produto ou serviço

Ninguém merece abrir mão de uma ideia por não ter os recursos necessários para colocá-la em prática, certo? Felizmente, muitas universidades têm os espaços e os equipamentos ideais para testar ferramentas, criar produtos e desenvolver serviços.

Portanto, se você pretende criar algo que possa ser útil para a sociedade, vale a pena aproveitar as instalações da faculdade para dar início a esse processo. A vantagem é que terá o apoio de colegas e a orientação de professores sempre que precisar aprimorar seu projeto.

Organizar eventos internos e externos

Outra forma de entender um pouco da rotina de um empreendedor é conduzir atividades dentro e fora do ambiente universitário. Isso inclui palestras, workshops, simpósios, feiras e congressos.

Ao atuar no planejamento e na organização desses eventos, você desenvolverá habilidades que são importantes para conduzir negócios. Gestão, liderança e comunicação são alguns exemplos. O envolvimento em toda a programação também ajuda a exercitar a visão global típica de grandes empresários.

Participar de projetos de extensão

Frequentar grupos para discutir uma proposta que beneficie a comunidade é mais uma forma de entender o mundo dos negócios. Ao desenvolver um projeto de extensão, por exemplo, os estudantes precisam pensar em formas de transferir seus conhecimentos a outros públicos.

Essa é uma oportunidade enriquecedora para entender outros olhares e aprender a se comunicar com clareza. Muitas das ações realizadas nessa etapa podem ser aplicadas aos negócios, já que você terá condições de fazer pesquisas para atender perfis específicos, de acordo com seus desejos e necessidades.

5. Busque o apoio de outras pessoas

Chegar longe é mais fácil quando temos a companhia de pessoas que acreditam em nosso potencial. Além disso, quando contamos com a ajuda de terceiros, ganhamos força nos momentos de maior dificuldade, evitando a temida desistência.

Pensando nisso, é interessante que você busque o apoio de professores, de amigos e até de familiares assim que iniciar suas atividades no empreendedorismo. O auxílio pode vir na forma de conselhos, de advertências e até de recursos financeiros.

Seja qual for o tipo de contribuição, ele é essencial para dar continuidade ao projeto e deve ser valorizado. Imagina que legal poder, futuramente, lembrar de todo esse suporte assim que conquistar a carreira profissional dos seus sonhos?

Se você gostou das dicas, procure aplicá-las o quanto antes para dar início a esse caminho cheio de surpresas. Temos certeza de que você crescerá muito ao empreender na faculdade e poderá servir de exemplo para muitos outros estudantes.

Ainda não acompanha o nosso trabalho pelas redes sociais? Temos perfil no Instagram, no Facebook, no YouTube e no LinkedIn. Aproveite para nos seguir!

Calouro a bordoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar