EAD ou presencial: qual modalidade escolher para a graduação?

ead ou presencial
6 minutos para ler

Quando chega a hora de ingressar no Ensino Superior, são muitas escolhas a serem feitas. Além de encontrar um curso que combine com a sua personalidade e tenha um mercado de trabalho promissor, o estudante também pode decidir entre fazer a graduação na modalidade EAD ou presencial.

Com os avanços tecnológicos que possibilitam a educação a distância (EAD), um número cada vez maior de pessoas tem se rendido a essa forma de estudar. Contudo, isso não significa que o ensino presencial está ficando para trás. A questão é que existem opções.

Para tomar essa decisão, no entanto, é necessário conhecer as duas modalidades e analisar o próprio perfil para ter certeza de qual delas vai funcionar melhor para você. Por isso, continue lendo este artigo e confira as informações que trouxemos para ajudar você com esse dilema!

Quais são as diferenças entre EAD e ensino presencial?

Embora os conteúdos dos cursos sejam os mesmos nas duas modalidades, elas apresentam algumas diferenças importantes no que se refere à experiência universitária do aluno.

Aulas

Como se sabe, o ensino presencial se dá com alunos e professores em sala de aula, dentro do espaço físico da instituição. A educação a distância, por outro lado, acontece por meio de um ambiente virtual de aprendizagem (AVA). Assim, as aulas ficam disponíveis em vídeos online ou, em alguns casos, também podem ser transmitidas via satélite.

Horários

Uma vez que o aluno da modalidade EAD acessa as aulas e outros materiais na internet, ele pode estudar no momento que for mais conveniente, com horários totalmente flexíveis. Enquanto isso, as aulas presenciais ocorrem em dias e horários determinados pela instituição de ensino.

Frequência

Em ambas as modalidades, o estudante precisa comprovar que está acompanhando as aulas. A diferença é que, no ensino presencial, ele deve estar em sala de aula para que a sua frequência seja registrada. Na educação a distância, porém, são consideradas as videoaulas assistidas e as atividades que o aluno realiza no ambiente virtual de aprendizagem.

Baixe nosso material sobre faculdade a distância agora mesmo!Powered by Rock Convert

EAD ou presencial: como escolher?

Agora que entendeu quais são as diferenças entre essas modalidades, você já pode fazer a sua escolha! EAD ou presencial? A seguir, acompanhe um passo a passo que vai ajudar você a perceber qual delas se adequa melhor à sua rotina.

Verifique a sua disponibilidade de tempo

Como vimos, uma das modalidades permite que o estudante defina os horários das aulas, enquanto a outra apresenta um formato mais tradicional, seguindo a grade de horários da instituição. Desse modo, a sua decisão vai depender de como é o seu cotidiano e de como a vida acadêmica pode se encaixar nele.

Para quem não trabalha ou tem pelo menos um turno completamente disponível, o ensino presencial é uma boa opção. A modalidade a distância, por sua vez, é a ideal para quem tem mais dificuldades em conciliar trabalho e estudos. Nesse caso, a flexibilidade de horários facilita a rotina.

Observe se você é disciplinado

Tanta flexibilidade, por outro lado, pode não ser positiva se o estudante não tiver disciplina para organizar um plano de estudos. Na EAD, as aulas e atividades podem ser acessadas a qualquer momento, mas isso não quer dizer que o aluno pode deixar para estudar todo o conteúdo somente quando o dia da avaliação estiver se aproximando.

Nesse sentido, escolha a educação a distância caso você tenha o hábito de organizar e planejar o seu tempo. Como é uma questão de preferência, a modalidade presencial pode ajudar na estruturação de uma rotina de estudos mais fixa, com horários definidos e contato diário com professores, o que vai induzir a um acompanhamento regular dos conteúdos curriculares.

Analise a sua autonomia de aprendizagem

Esse contato com os professores, que é mais próximo na modalidade presencial, faz com que os alunos sejam guiados ao longo do processo de ensino-aprendizagem. Esse é um modelo mais tradicional e que não demanda tanta independência por parte dos discentes.

A educação a distância, por outro lado, exige mais autonomia do aluno. O professor, nessa modalidade, é apenas um apoio. Por isso, a EAD é adequada para estudantes proativos, que têm facilidade para aprender por conta própria, sem sentir falta da condução do professor. Assim, um pouco de autoconhecimento é necessário para perceber se você fica mais à vontade com a modalidade EAD ou presencial.

Reflita sobre a sua necessidade de interagir pessoalmente

Esse é um ponto que também está relacionado ao autoconhecimento. Algumas pessoas são mais tímidas e ficam mais confortáveis interagindo a certa distância, enquanto outras são mais extrovertidas e gostam de ficar cara a cara.

Como você já sabe, o ensino presencial proporciona um contato maior do que a EAD, na qual as interações acontecem pela internet, em fóruns de discussão. Levando isso em conta, você deve refletir sobre o quanto esse contato mais próximo com professores e colegas é importante para você.

Avalie seu nível de afinidade com a tecnologia

Para aproveitar todos os benefícios do ambiente virtual de aprendizagem da educação a distância, é imprescindível ter afinidade com os recursos tecnológicos. Logo, essa modalidade é indicada para aqueles que estão acostumados com computadores, smartphones e internet.

O ensino presencial, embora também lance mão desses recursos, ainda se baseia, essencialmente, em livros impressos, apostilas e outros materiais utilizados na sala de aula. Por esse motivo, estudantes que não levam muito jeito para novidades tecnológicas se identificam melhor com esse modelo.

Vale ressaltar que ambas as modalidades são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e valorizadas pelo mercado de trabalho, uma vez que o ensino tem o mesmo grau de exigência e forma profissionais igualmente qualificados. Isso fica ainda mais evidente nos diplomas, que não fazem nenhuma referência à educação à distância ou presencial.

Após todas essas reflexões, já deve ter ficado mais claro qual modalidade — EAD ou presencial — é a ideal para o seu perfil. Portanto, faça a sua escolha consciente de que, não importa qual seja a sua opção, a graduação fará toda a diferença no seu futuro profissional.

Então, gostou do nosso artigo? Assine agora mesmo a nossa newsletter e receba outros conteúdos tão úteis quanto este!

Você também pode gostar