7 dicas de organização para estudantes em tempos de coronavírus

dicas de organização
6 minutos para ler

Com o avanço dos casos de Covid-19, muitas medidas foram tomadas para evitar o contágio. Entre elas, está o distanciamento social, alcançado por meio do fechamento de escolas, faculdades e comércios não essenciais. Se você está em casa, precisa se cuidar e conferir dicas de organização para manter uma boa rotina.

Para evitar que a situação do coronavírus cause estresse, ansiedade e prejudique a produtividade, é fundamental cultivar bons hábitos no seu dia a dia. Pensando nisso, preparamos este artigo para ajudar você a se organizar em casa nesse período. Boa leitura!

1. Faça uma lista de tarefas

O primeiro passo é fazer uma lista de tarefas com todas as suas obrigações diárias. Escreva tudo o que você precisa fazer e tente seguir uma rotina próxima à que você costumava ter.

Por isso, se você assistia às aulas pela manhã e fazia os trabalhos acadêmicos à tarde, mantenha esses horários. Tente não dormir muito tarde e resista à vontade de ficar na cama por mais alguns minutos. Lembre-se de que você pode descontar o tempo que vai economizar por não precisar se locomover.

Depois, defina prazos para cada atividade, colocando o tempo aproximado que você tem para completá-la. É importante fazer um controle diário da lista, definindo prioridades para cada tarefa e excluindo as que forem concluídas.

2. Organize o espaço de estudo

Essa é uma das dicas de organização mais importantes. Escolha um local tranquilo da sua casa para estudar e mantenha o espaço sempre limpo e organizado. Evite ambientes com a constante passagem de pessoas, pois é fácil perder a atenção. Guarde no espaço de estudo todo seu material, como livros, cadernos, apostilas, entre outros.

Se o material não estiver acessível, você vai precisar interromper os estudos para buscá-los. Com isso, o foco e a produtividade são menores. Televisão, videogame e celular também são grandes inimigos da concentração. Se você precisar do computador para estudar, evite acessar a internet.

3. Coloque a matéria em dia

Entenda que esse momento não é para ser visto como férias. Por isso, aproveite o tempo em casa para colocar a matéria em dia. Se a faculdade continuar com as aulas pela internet, não deixe o conteúdo e as atividades acumularem.

Defina objetivos diários e estude todos os dias. Esse é um momento de adaptação e que requer muita dedicação, por isso, tenha sempre suas metas em mente. Dessa forma, é mais fácil persistir e manter o foco.

Também é importante não se sobrecarregar. Separe um tempo para comer com tranquilidade, durma o suficiente e faça pausas durante os estudos. Isso garante mais tranquilidade e aumenta as chances de fixar o conteúdo.

4. Busque novos métodos de estudo

Manter uma rotina de estudos eficiente depende de diversos fatores, além de exigir muito esforço e dedicação. Em momentos de afastamento social, pode ser ainda mais difícil ter foco e ser produtivo, mas é preciso ter calma.

Para ajudar, existem técnicas de estudo com estratégias variadas, que auxiliam na lógica, no entendimento e na praticidade. Essas opções objetivam o bom aproveitamento do tempo e são compatíveis com diferentes perfis de alunos.

Vestibular-onlinePowered by Rock Convert

Entre as técnicas que você pode testar para descobrir aquela à qual se adapta melhor, estão:

  • autoexplicação — permite ler a matéria e explicá-la para você mesmo em voz alta;
  • mapa mental — ajuda a direcionar e organizar as informações, de forma a torná-las mais simples de compreender. Para isso, basta fazer a representação de conceitos e ideias desmembrados a partir de um tema central;
  • gravação de áudiosintensifica a aprendizagem por meio da audição, colaborando para o cérebro assimilar as informações e fixá-las na memória de longo prazo.

5. Pratique atividades físicas

Exercícios físicos ajudam a colocar o corpo em movimento, fornecem energia, melhoram sua autoestima, aliviam a ansiedade, aumentam a motivação e proporcionam uma melhor saúde física e mental. Muitas atividades são simples e podem ser praticadas sem a necessidade de sair de casa, como pular corda.

Você também pode colocar uma música para tocar e dançar. Mas lembre-se de fazer um alongamento antes, pois a atividade é importante para prevenir lesões e reduzir as dores nas articulações.

Para melhorar a ansiedade e reduzir o estresse, você pode praticar yoga. Procure canais no YouTube que tratam do assunto e experimente reproduzir alguns movimentos. Algumas videoaulas também ensinam a meditar, o que pode ser interessante. Outra dica é baixar aplicativos que estimulam a prática de exercícios físicos em casa.

6. Aproveite o tempo com a família

Aproveite o tempo livre para se desconectar das redes sociais e da televisão e passe um momento com a família. Tente sugerir que todos façam as refeições juntos, se esse não for um hábito comum na sua casa.

Outra dica é organizar uma noite de jogos, por exemplo, ou fazer um jantar especial. Também é interessante aproveitar para conversar, ver um filme ou uma série juntos, brincar com os animais ou dividir as tarefas domésticas.

Esse contato com as pessoas que você ama é fundamental para a sua saúde mental nesse momento. Não se esqueça de que é fundamental ter cuidado com o contato humano, por isso, reforce a importância dos hábitos de higiene.

7. Faça compras para longos períodos

Organize-se, também, para fazer compras para períodos longos. Sair de casa com frequência para ir ao supermercado ou à padaria, por exemplo, pode ser perigoso. Por isso, faça uma lista de compras com tudo o que você precisa para, pelo menos, uma semana. Não se esqueça dos produtos de limpeza e de higiene pessoal.

Evite comprar muitos alimentos industrializados e invista em legumes, frutas e produtos não perecíveis. É importante lavar tudo muito bem — inclusive as embalagens — para afastar uma possível contaminação.

Para evitar que os alimentos estraguem, você pode congelá-los. Também é interessante deixar algumas refeições prontas e congeladas, caso você não queira cozinhar todos os dias.

Os casos de coronavírus no Brasil ainda estão aumentando. Por isso, além de seguir essas dicas de organização, é importante se manter em segurança e informado, evitando portais de conteúdo duvidoso e respeitando os comunicados oficiais de autoridades nacionais e internacionais. Cuide de si mesmo e das pessoas mais vulneráveis. Se todo mundo colaborar, vamos sair dessa mais rápido!

Que tal ajudar os seus amigos a se manterem organizados e produtivos nessa época? Para isso, compartilhe este conteúdo com eles nas suas redes sociais!

Você também pode gostar