Educação financeira: como gerenciar seu dinheiro durante a graduação

educação financeira
6 minutos para ler

Desenvolver habilidades de educação financeira é fundamental para que você consiga ter mais qualidade de vida durante a graduação. Por meio dela, você tem a oportunidade de entender sobre a necessidade de poupar alguma quantia, ainda mais em um período em que naturalmente há mais desafios.

Além disso, você tem a possibilidade de contar com um controle dos gastos e avaliar estratégias para ampliar seus ganhos, seja com um estágio remunerado, seja com um trabalho que vai garantir renda extra.

Pensando nisso, elaboramos este material para tirar suas dúvidas sobre algumas práticas simples de educação financeira que podem ser adotadas para gerenciar seu dinheiro de maneira inteligente. Confira!

Conte com um planejamento financeiro

O primeiro passo é contar com um planejamento financeiro em sua rotina. Para isso, algumas estratégias podem ser adotadas. Antes de tudo, identifique qual é a sua realidade financeira, quais são os gastos mensais e os ganhos que você tem ao longo do mês.

A partir disso, identifique todos os custos, sejam fixos ou variáveis. Os fixos, como o próprio nome já diz, são aqueles que não têm variação de um mês para o outro. O aluguel é um exemplo. Já as compras de supermercado podem ser encaixadas nos custos variáveis.

Depois, entenda quais são os gastos que podem ser reduzidos. Existe a possibilidade, inclusive, de os gastos fixos sofrerem alterações. Plano de internet e TV: se você faz uma avaliação e entende que não utiliza praticamente nenhum dos canais extras contratados, é possível optar por uma troca.

Faz parte da educação financeira, ainda, ter uma reserva de emergência e utilizar a tecnologia a seu favor. Existem muitos aplicativos que contribuem para um controle mais preciso dos gastos e análise das áreas das quais você mais consome, de modo que seja mais tranquilo cortar o que for desnecessário.

Faça um controle de gastos

Por falar em controle de gastos, é importante termos um tópico apenas para essa estratégia. O mais essencial é você ter tudo anotado. Somente sabendo com o que você gasta todos os meses é que será possível ter uma organização mais eficaz dos custos e um entendimento sobre o que pode ou não ser descartado.

O próximo passo é alinhar as despesas por categorias. Exemplo: suponhamos que em suas anotações você identificou que gasta mensalmente R$ 70 com materiais para a faculdade, R$ 200 com transporte, R$ 50 com lanche durante os intervalos das aulas e R$ 50 separados para gastos extras que possam surgir.

Dessa forma, os R$ 200 com o transporte podem ser alocados para o restante dos custos com essa finalidade, seja para encontros com amigos aos finais de semana ou para ver seus pais, caso não more com eles. Já o restante, pode ser incluído na categoria da universidade, pois está tudo relacionado com os seus estudos.

Com isso, ao final do mês, você terá claramente o entendimento das principais áreas que consomem despesas e quais são os cortes passíveis de serem feitos.

Busque por geração de renda adicional

Enquanto estiver na universidade, indicamos ainda que você busque por uma geração de renda adicional. Com isso, você tem mais possibilidades de alcançar metas financeiras, há a oportunidade de quitar dívidas (caso tenha), além de chegar em seus objetivos.

Muitas vezes, alguns sonhos durante a faculdade podem ficar pausados momentaneamente devido às finanças, como fazer uma viagem ou adquirir um carro próprio.

No entanto, quando você conta com educação financeira e investe em atividades que podem trazer um ganho maior, há muitas chances de adquirir grande parte do que você almeja. Algumas ideias sobre o que pode ser feito para ganhar renda extra durante a graduação são:

  • revenda online de produtos: lembre-se sempre que é importante entender sobre o nicho de pessoas que você deseja alcançar e ter ações de marketing eficazes também nas redes sociais para ampliar a sua audiência;
  • produtos de beleza: na faculdade mesmo você pode investir na venda de cosméticos para colegas;
  • alimentação: muitas pessoas optam por vender doces, bolos ou sanduíches naturais nas faculdades. Assim, elas podem oferecer um produto de qualidade para colegas enquanto ganham uma renda extra;
  • oferecer monitoria das disciplinas que você manda bem, o que pode elevar os contatos profissionais.

Use o cartão de crédito com responsabilidade

O cartão de crédito deve ser utilizado com responsabilidade. É preciso considerar que estamos falando de um importante aliado para alguns momentos de dificuldade, mas que pode ser transformado em uma bola de neve caso não haja controle por parte do consumidor.

Para isso, algumas dicas de educação financeira podem ser seguidas. Utilize um único cartão para que você tenha um entendimento mais preciso sobre os seus gastos. Além disso, estabeleça um limite que seja compatível com os seus ganhos e não o ultrapasse ao longo do mês.

Uma dica é preferir pagamentos à vista. Caso faça muitos parcelamentos, é maior o risco de endividamento. Por fim, evite ao máximo emprestar cartão, mesmo que a pessoa seja confiável. Esse hábito pode prejudicar a sua saúde financeira e comprometer o seu planejamento caso não aconteça o pagamento por algum motivo.

Faça um planejamento para o futuro

Você está em um período na vida de muitas mudanças. É aquele momento de se descobrir na profissão, começar o primeiro estágio e ter a oportunidade de iniciar do zero a sua vida financeira. Por isso, sempre pense no futuro.

Caso consiga um emprego remunerado desde já, faça um bom controle do dinheiro, avalie suas reais necessidades e opte por um fundo de emergência. Assim, as chances de alguma eventualidade comprometer toda a sua renda reduzem consideravelmente, de modo que você possa alcançar os seus objetivos de forma mais efetiva.

Então, o que achou de conhecer um pouco mais sobre as dicas de educação financeira que trouxemos até aqui? Como vimos, essa é uma importante medida para você conseguir ter mais qualidade de vida ao longo do curso, o que pode, inclusive, impactar positivamente suas notas e seu desempenho acadêmico.

Se quiser conhecer um pouco mais sobre a Estácio e os cursos que oferecemos, continue no site e confira tudo!

Você também pode gostar