Contatos profissionais: aprenda a fazê-los com estas 5 dicas

contato profissional
6 minutos para ler

Obter sucesso profissional é o desejo de muita gente. No entanto, para quem ainda não chegou lá, costuma sempre surgir aquela pergunta: “Como ter êxito na carreira e me tornar uma referência em minha área de atuação?”. Saiba que um dos passos mais importantes nessa empreitada é ter bons contatos profissionais.

O famoso networking é essencial para quem quer se desenvolver bem no mercado de trabalho. Manter proximidade de pessoas que fazem a diferença em seus segmentos de atuação contribui com uma troca de experiências extremamente válida. Além disso, elas também poderão ajudar você a crescer profissionalmente e a conquistar boas oportunidades.

Não pense que você precisa ser um profissional formado para, só então, pensar no assunto. Pelo contrário, já pode começar a investir nisso desde a graduação. Neste artigo, vamos dar dicas de como estabelecer bons contatos de maneira eficiente. Continue a leitura e confira!

1. Não seja tímido

A timidez, muitas vezes, costuma se apresentar como uma barreira para o crescimento profissional. Por isso, é preciso aprender a contorná-la. Isso não quer dizer mudar de personalidade ou mesmo deixar de ser quem você é, mas enfrentar os seus principais receios em relação a outras pessoas.

Bons contatos profissionais, na maioria dos casos, não costumam aparecer de uma hora para a outra. É importante que eles sejam cultivados. É justamente por isso que você não pode ficar parado à espera de que os outros cheguem até você. 

Obviamente que, para isso, é essencial não dar voz à timidez. Por mais que você costume sentir vergonha de estar perto de muita gente, de puxar assunto ou de fazer perguntas, encare essa situação.

Comece se aproximando dos profissionais sem medo de levar um “não” ou de ser ignorado. As pessoas podem ser muitos mais gentis do que se imagina.

2. Mantenha contato por e-mail

Você já deve ter ouvido falar que “quem não é visto não é lembrado”, certo? Quando se trata de ter bons contatos profissionais, essa constatação torna-se ainda mais evidente.

Se você venceu todas as barreiras e conseguiu chegar perto de pessoas importantes, teve uma conversa inicial e até chegou a pegar o telefone e o e-mail delas, agora não pode deixar com que isso vire apenas história.

Para que os outros continuem se lembrando de você, mantenha contato por e-mail. No entanto, não faça isso de maneira forçada. Não é para começar a enviar qualquer coisa somente para dar sinal de vida, ok?

Você pode compartilhar conteúdos interessantes que tenha visto por aí e que podem realmente ser úteis para os seus contatos. Além disso, outra estratégia é recorrer a eles para tirar dúvidas sobre alguma área que esses profissionais dominam, pedir conselhos em relação ao seu futuro e carreira, entre outros.

Você também pode aproveitar as datas comemorativas, como aniversário e ano novo, para marcar presença e enviar um e-mail. Mostre-se que se lembrou da pessoa, mas não precisa ser exagerado em palavras e elogios.

Fique atento para acabar não sendo impertinente. Ficar sumido por muito tempo não é bom, mas não vá disparar e-mails todos os dias, todas as horas. Se fizer isso, correrá o risco de ser visto com desdém ou até mesmo de ser bloqueado. Tenha bom senso!

3. Envie notas de agradecimento

Você participou de algum evento importante, com profissionais qualificados que o ajudaram muito em determinado aspecto? Foi convidado para um encontro profissional que rendeu bons frutos? Foi procurar estágio e foi bem recebido pelo recrutador? Ouviu um bom conselho de um professor?

Se você recebeu uma contribuição de uma pessoa, seja ela qual for, envie uma nota de agradecimento. Esse gesto costuma ser muito bem apreciado, pois as pessoas, em geral, ficam satisfeitas em saber que foram úteis.

Porém, é importante que você leve em consideração o fato de que agradecer não significa ser puxa-saco. Seja realmente sincero e faça ponderações sensatas sobre o profissional para quem você está escrevendo. As pessoas entendem o que está sendo feito de forma genuína e o que não está.

4. Inspire-se em mentores

Ter bons mentores é essencial para que um profissional possa se desenvolver mais e melhor. Existem muitos nomes importantes no mercado de trabalho que realmente fazem a diferença. Portanto, inspire-se nessas pessoas.

Tenha em mente os pontos fortes que esses indivíduos têm e pense em estratégias para que você também possa obtê-los. Veja a forma como eles agem, conversam, como tratam os desafios e a maneira como estabelecem contatos profissionais.

Até mesmo os grandes profissionais, que parecem saber de tudo e são superadmirados, costumam se inspirar em mentores e fazem deles uma espécie de guias para que possam alcançar seus objetivos.

5. Frequente eventos da sua área

Para fazer bons contatos profissionais, é fundamental estar perto de pessoas. E você não vai encontrá-las dentro de casa. Portanto, comece a agir o mais rapidamente possível.

Preste atenção aos principais eventos da sua área que estão sendo realizados e se inscreva neles. Além de aprender mais sobre o tema do encontro, você ainda terá a oportunidade de conhecer mais gente e também de estreitar relações.

Seja elegante e cordial com as pessoas que você já conhece caso as encontre por lá, mas não fique restrito a esse grupo, esquecendo-se de olhar para os demais. Muitas vezes, os participantes se isolam com aqueles com quem têm mais intimidade e acabam perdendo ótimas oportunidades de fazer novos contatos.

Outra dica é levar sempre um cartão de visitas, por mais que você ainda seja estudante. Coloque seu nome, seus contatos e tenha-o sempre à mão. Isso poderá ser de grande ajuda se conversar rapidamente com alguém. Apresente-se e entregue o seu cartão. Peça a outra pessoa para fazer o mesmo.

Ter bons contatos profissionais ajudará você a não somente alcançar posições importantes na sua carreira, mas também a saber muito mais da sua área, tornando-se um profissional mais experiente e admirado por todos.

Gostou deste artigo? Que tal ajudar os seus amigos a ter o mesmo aprendizado que você acabou de receber? Então, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais!

Você também pode gostar