Como interpretar um texto: seja um expert no assunto!

como interpretar um texto
7 minutos para ler

A rotina corrida na graduação muitas vezes impacta na maneira como consultamos os materiais de estudo. O problema é que não dá para fazer uma boa leitura apenas passando os olhos sobre os conteúdos. Esse exercício demanda atenção, raciocínio e muita reflexão para compreender as ideias apresentadas pelo autor.

Ainda que você saiba muito bem como interpretar um texto, nunca é tarde para aprimorar essa habilidade e se tornar um expert na hora de decifrar conjuntos de palavras. A vantagem é que, ao melhorar sua capacidade, não terá mais problemas para encarar os escritos nas mais diversas áreas.

Então, que tal conferir as dicas que separamos para ajudar nessa evolução? Fique de olho e descubra por onde começar!

Por que devo caprichar na interpretação de textos?

A transmissão e a captação de informações dependem de uma boa comunicação, seja ela verbal, oral ou escrita. Se houver falha em alguma etapa desse processo, a mensagem original pode ser entendida de outra forma que não a desejada pelo emissor.

Logo, para evitar confusões, é fundamental que as pessoas saibam se comunicar sem nenhuma dificuldade, apresentando ou recebendo os dados de seu interesse. E qual é a melhor forma de fazer isso? Com uma interpretação de qualidade.

A pessoa que domina bem essa técnica tem facilidade para absorver os argumentos, críticas e soluções presentes em textos que abordam diferentes assuntos. Além disso, é capaz de produzir conteúdos (artigos, resumos, teses etc.) mais coerentes e organizados, que possam ser assimilados pelos leitores.

A capacidade de interpretar é necessária em todos os níveis de ensino, já que permite aos alunos compreender conceitos e informações básicas de inúmeras disciplinas — independentemente da área do conhecimento ao qual essas matérias pertencem.

Aprofundar-se na arte de decifrar textos é uma ótima estratégia para mandar bem na faculdade e no mercado de trabalho. Afinal, você precisará utilizá-la tanto nos estudos de cursos de graduação, pós, mestrado e doutorado quanto na realização de exames, provas e até concursos públicos.

Como interpretar um texto corretamente?

A dificuldade para entender uma frase ou parágrafo pode ocorrer por diversos motivos, como falta de treino em leituras variadas, desatenção resultante de distrações, entre outros fatores. Seja qual for a causa, é possível melhorar essa habilidade com táticas simples.

Para começar, tenha em mente que a interpretação demanda foco e atenção a diversos detalhes. Logo, sempre que tiver a oportunidade, procure um ambiente adequado e confortável, onde você possa fazer a leitura sem se preocupar com ruídos ou com a interferência de terceiros.

Algumas pessoas até preferem deixar um som de fundo em vez do silêncio total, portanto, cabe a você definir qual condição é a ideal para se concentrar no exercício. Veja abaixo outras dicas que podem ajudar.

Fazer paráfrases

Reformular parágrafos por meio da troca de palavras e expressões é uma das técnicas de estudo mais eficientes para compreender um texto. Você provavelmente já utilizou esse recurso diversas vezes, mesmo que não tenha se dado conta em alguns momentos.

Assim, não importa se tem pouca ou muita familiaridade com as paráfrases, o ideal é inseri-las cada vez mais em seu dia a dia. Os modelos ideais são aqueles que substituem determinados termos sem comprometer a ideia central do autor.

Portanto, anote as principais informações para fazer resumos e esquemas respeitando a estrutura original do texto. Dessa forma, poderá visualizar a mesma mensagem de diferentes maneiras e encontrar aquela que mais contribui para o entendimento do assunto.

Ampliar o vocabulário

Deparar com uma série de palavras desconhecidas pode fazer você acreditar que não sabe como interpretar um texto. Felizmente, isso pode ser resolvido com o enriquecimento do seu vocabulário, ou seja, a partir do aprendizado e da memorização de novos termos.

A melhor forma de ampliar seu conhecimento na língua portuguesa é fazer a leitura de diferentes gêneros literários. Em outras palavras, é importante consumir conteúdo variado e produzido em meios como blogs, revistas, livros com publicações científicas, entre outros. A prática não só aumenta a quantidade de termos que você domina, como também promove o acesso a diferentes estruturas textuais. 

Resolver os famosos jogos de palavras-cruzadas (níveis médio e difícil) é outra forma bem divertida de ampliar o seu vocabulário.

Praticar o hábito da leitura

Parece óbvio indicar isso, mas uma habilidade só pode ser potencializada após um período de prática. Sabemos que as pessoas têm cada vez menos tempo para se dedicar a exercícios que demandam bastante calma, como é o caso da leitura, especialmente a que envolve assuntos complexos.

Nesse cenário, uma boa forma de se preparar e tornar o processo de aprendizado mais ágil é ler com frequência. Você pode encaixar o exercício em alguns minutos do seu dia, até que se torne um hábito. Aos poucos, verá que a interpretação ocorrerá com mais rapidez e facilidade.

Evite consultar apostilas e outros materiais apenas na véspera das provas, por exemplo. Isso só trará ansiedade, fazendo com que o cérebro tenha dificuldade para absorver e interpretar os conteúdos. O ideal é ler um pouco por dia para ter tempo de rever conceitos importantes.

Consulte o dicionário com frequência

Não hesite em acessar um material de consulta para verificar o significado de palavras que você não conhece ou que geram dúvidas no momento da interpretação. Um dicionário online (há várias versões na internet) pode ser um excelente aliado nessas horas, assim como a ferramenta de sinônimos e antônimos.

A possibilidade de verificar termos semelhantes é vantajosa principalmente durante a leitura de textos mais difíceis, como as produções científicas, os relatórios técnicos e os artigos acadêmicos. Dessa forma, você evita confusões e consegue garantir que a definição de cada termo está correta.

Exercitar a paciência

Ficou claro que a pressa não contribui em nada para interpretar um texto. Portanto, é fundamental exercitar a paciência nos momentos de leitura, seja ela feita individualmente, seja realizada em um grande grupo de estudos. Esse cuidado fará com que você e seus colegas sigam o mesmo raciocínio do autor.

Uma boa estratégia é dividir o processo em partes com ritmos distintos: primeiro uma leitura mais rápida e dinâmica, que permita identificar e anotar os pontos-chave do texto em um rascunho. Depois vem uma observação mais lenta, com tranquilidade, a fim de captar o sentido de cada frase.

Ao final de cada bloco de texto, é interessante fazer pausas para refletir sobre o conteúdo. Pense nas ideias que o autor quis passar, faça resumos mentalmente e, caso ainda tenha ficado com dúvidas, releia. A compreensão acontece quando você consegue formular suas hipóteses a partir do exercício.

Pronto para aplicar essas dicas e arrasar em seus trabalhos acadêmicos? Agora que sabe como interpretar um texto com mais eficiência, pode discutir com outras pessoas ou conferir resenhas sobre o conteúdo visto. É uma ótima forma de checar se suas hipóteses foram confirmadas ou recusadas.

Se gostou deste artigo, visite e curta a nossa página no Facebook para acompanhar todas as publicações com dicas e notícias!

Você também pode gostar