[INFOGRÁFICO] Como elaborar um currículo e atrair a atenção dos recrutadores?

6 minutos para ler

Conquistar uma boa oportunidade no mercado de trabalho é um desafio que merece a atenção de qualquer pessoa. Afinal, aumentar as suas chances de sucesso é uma ótima ideia. Nesse contexto, uma das suas tarefas deve ser aprender como elaborar um currículo.

Não basta apenas distribuir um monte de informações em uma folha de papel. Se a intenção é atrair os recrutadores e se destacar entre os concorrentes, o ideal é ter um cuidado especial na preparação do documento.

Que tal uma ajuda extra para fazer isso? Confira as dicas que listamos a seguir e reveja o seu currículo!

Como montar um currículo

Fique atento à estrutura geral

Você pode começar pensando no modelo que pretende dar ao seu currículo. Na maioria das vezes, a pessoa tem total liberdade para escolher essa estrutura.

No entanto, vale lembrar que esse é um documento que funciona como um cartão de visitas do candidato, ou seja, ele vai ser a primeira impressão que a empresa deve ter de cada pessoa — e talvez a única.

Logo, não há muito espaço para erros e tudo deve ser muito bem pensado. Por exemplo, em alguns campos é “permitido” ser mais criativo para preparar currículos diferenciados e que fujam do tradicional. Em áreas como Publicidade, Design, Moda e outras semelhantes isso já é esperado, pois o currículo acaba sendo uma espécie de portfólio pessoal.

Isso não quer dizer que toda pessoa tem a obrigação de fazer um material “fora da caixa”. Seguir certos padrões é aceitável, até porque o mais importante é oferecer um conteúdo de qualidade.

Alguns toques para auxiliar a definir o seu são:

  • pense em um template atrativo;
  • trabalhe a organização e coerência das suas ideias;
  • evite criar um documento muito extenso (em torno de duas páginas é considerado suficiente);
  • não deixe de colocar informações triviais, principalmente seus dados pessoais;
  • opte sempre pelo básico (tipografia, cores, diagramação) se não houver motivos para ir além disso;
  • seja objetivo, claro e verdadeiro.

Saiba ajustar o currículo para a vaga

Esse é um segredo que nem todo mundo conhece. Aliás, muita gente monta um currículo uma vez na vida e envia aquele mesmo arquivo por anos seguidos.

Vale dizer que a atualização é uma regra de ouro para quem quer ter uma boa apresentação em mãos. Acredite se quiser: existem casos de pessoas que enviam currículos até com contato desatualizado, o que impede o empregador de encontrá-las.

Porém, mantê-lo atualizado não é somente revisar esse tipo de coisa. Uma dica legal é adaptar o currículo para cada vaga para a qual você se candidatar. Mesmo que exista uma grande semelhança entre elas, é possível que pequenas diferenças exijam alguns ajustes.

Ao buscar uma oportunidade em uma instituição multinacional, por exemplo, a pessoa pode reforçar suas experiências internacionais (como intercâmbios, viagens profissionais etc.) e até o interesse em trabalhar fora do país.

Guia de carreiras: Engenharias.Powered by Rock Convert

Por outro lado, evidenciar algumas características comportamentais em alguns casos é mais apropriado do que falar de capacidades técnicas. Enfim, avalie a empresa e o cargo para o qual está se candidatando para definir tudo isso.

Pense bem no seu objetivo profissional

Normalmente, no início dos currículos existe uma parte dedicada ao objetivo profissional do candidato. Um erro bastante comum é colocar nesse espaço um resumo das suas principais habilidades na tentativa de convencer logo o recrutador.

A verdade é que descrever o seu objetivo deve ser algo simples e prático, mas, para isso, é necessário refletir muito antes de ter uma frase interessante para preencher esse campo. Inclusive, essa é uma das informações que pode ser customizada de acordo com cada candidatura.

Reflita sobre o seu plano de carreira, seu momento atual e expectativas para o futuro. Então, imagine como tal oportunidade pode ajudá-lo nas suas conquistas. Evite clichês como “quero melhorar meus conhecimentos e contribuir com a empresa” ou “estou em busca de novos desafios profissionais”.

Em poucas palavras, seja específico e demonstre confiança, pois as empresas costumam valorizar pessoas determinadas e que sabem aonde querem chegar.

Um exercício para treinar esse aspecto é o “pitch de elevador”. Imagine que você entrou em um elevador com um potencial empregador e ele deseja saber qual é o seu objetivo em poucos minutos.

Ressalte sua formação e experiências

Todo currículo precisa ter um breve resumo da vida acadêmica e profissional do candidato. Essa é a maneira de a instituição ter uma ideia do nível de preparo de cada um e provavelmente iniciar a sua seleção — muitas vezes, a “peneira” começa logo aqui.

Diante disso, vale explorar todas as suas experiências tomando o cuidado para não ser prolixo. Criar um documento muito longo e cheio de itens é capaz de não surtir o efeito esperado. Portanto, priorize o que você acha que é mais significativo na sua formação.

Revise antes de entregar

Poucas situações são piores para quem está procurando um emprego do que desperdiçar chances. Sendo assim, não faça isso com o seu próprio currículo, já que você pode não ter uma forma de corrigir uma pequena falha.

Isso significa que revisar todo o conteúdo é imprescindível, mantendo o foco na imagem que você tem interesse de transmitir para o empregador. Para se ter uma ideia, erros de português na redação ou mesmo de digitação são detalhes bobos, mas que podem saltar aos olhos do avaliador e indicar um baixo comprometimento com o resultado final.

Se precisar de auxílio para essa ou qualquer outra parte, não hesite em buscar alguém que possa ajudá-lo. Um bom profissional que trabalhe com carreiras é capaz de transformar as suas ideias e multiplicar as possibilidades. Ainda assim, uma simples revisão de um amigo também pode contribuir muito.

Para completar, deixe de lado o nervosismo e toda a pressão do momento. Saber como elaborar um currículo não é um bicho de sete cabeças, apenas uma tarefa que requer a sua dedicação.

E aí, gostou das nossas dicas? Então, por que não compartilhar este post nas suas redes sociais? Aproveite para divulgar boas ideias e ajudar os seus colegas a montarem currículos mais interessantes a partir de agora!

Você também pode gostar