Ciências Contábeis: o guia sobre o curso e a carreira que você precisava

Ciências Contábeis
17 minutos para ler

Na hora de decidir qual faculdade fazer, um ponto importante a ser observado é a perspectiva de carreira que o curso oferece. Afinal, espera-se que os anos de estudo resultem em ótimas oportunidades no mercado de trabalho, não é mesmo? É por esse motivo, entre outros, que a graduação em Ciências Contábeis certamente merece ser considerada.

A área tem se tornado cada vez mais relevante para a sociedade, indo muito além da Contabilidade tradicional. Para quem está em busca de um setor com diversas possibilidades de atuação, nas quais vai ter a chance de realizar um trabalho realmente necessário e alcançar o sucesso profissional, essa pode ser a opção perfeita.

Ficou interessado? Para ajudar você a descobrir se esse é o caminho certo para você, preparamos este post que traz informações imperdíveis sobre a graduação e a carreira em Ciências Contábeis. Então, continue conosco e fique por dentro de todos os detalhes. Boa leitura!

O curso de Ciências Contábeis

Buscar uma formação de nível superior é o primeiro grande passo para iniciar uma carreira bem-sucedida. Diante da importância dessa decisão, é fundamental saber detalhes sobre o curso que mais desperta interesse, não só para confirmar a escolha, mas para começar a se preparar para o que virá ao longo da graduação.

Por isso, entenda como funciona o curso de Ciências Contábeis e descubra se ele combina com o seu perfil.

Como é o curso

Com duração de 4 anos, a graduação em Ciências Contábeis é um bacharelado que pode ser encontrado tanto na modalidade presencial quanto na educação a distância. Seu foco é formar profissionais aptos a atuar no âmbito da administração financeira, seguindo princípios legais e éticos, em um mercado que está em constante transformação e que, por esse motivo, demanda soluções inovadoras e sustentáveis.

Um bom curso de Ciências Contábeis inclui, além de disciplinas básicas e específicas, diversas oportunidades para o estudante colocar os conhecimentos em prática. Nesse sentido, estágios supervisionados e projetos de extensão permitem consolidar o aprendizado por meio da experiência, o que contribui para que profissionais capacitados cheguem ao mercado de trabalho.

O perfil do aluno

Ao escolher um curso superior, é muito importante que você observe se tem o perfil ideal para se sair bem na área em questão. Isso ajuda a ter mais satisfação com os estudos e, posteriormente, com a carreira, tornando mais fácil superar os desafios do dia a dia.

Para que você consiga perceber se o ramo das Ciências Contábeis combina com a sua personalidade, listamos as principais características que compõem o perfil de quem faz esse curso. Acompanhe!

Afinidade com os números

De acordo com a tabela de áreas do conhecimento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o curso de Ciências Contábeis pertence à área das Ciências Sociais Aplicadas, e não às Ciências Exatas, como muita gente pensa. Mesmo assim, trata-se de uma graduação muito ligada aos números.

Logo, ter habilidade para lidar com cálculos é essencial para acompanhar os conteúdos do curso. Além da habilidade, também é importante gostar da perspectiva de ficar às voltas com os números por várias horas seguidas. Já que serão parte da rotina profissional, é melhor não encará-los como pura obrigação, mas sim como algo que deixa o trabalho mais instigante.

Organização

No ramo da Contabilidade, o profissional lida com muitas informações e dados dos clientes e/ou empresa em que atua. Aliás, um dos motivos que leva muitas pessoas a contratarem um contador é justamente esse: a necessidade de manter os dados financeiros organizados e as contas em dia com a Receita Federal.

Diante disso, um contador tem o dever de saber se organizar para realizar o trabalho para o qual foi contratado com toda a precisão necessária. É inaceitável, por exemplo, confundir informações fiscais de dois clientes. Assim, se você não for uma pessoa muito organizada, é melhor começar a desenvolver essa característica ainda durante a graduação.

Ética

Uma vez que essa é uma área em que o profissional tem acesso a uma grande quantidade de dados — muitas vezes, sigilosos — dos clientes e/ou empresas, é preciso saber lidar com eles com discrição. Além disso, o contador tem o dever de seguir o que a legislação determina, não sendo conivente com irregularidades fiscais, como a sonegação de impostos, entre outras.

Para tanto, é importante que o profissional leve a sério os princípios éticos da atividade que exerce. Infelizmente, as irregularidades são bastante comuns, de modo que o indivíduo precisa saber como se posicionar diante delas para fazer um bom trabalho e agir de acordo com as normas vigentes.

Proatividade

A proatividade é uma das características mais buscadas e valorizadas em profissionais das mais diversas categorias. As empresas estão em busca de pessoas engajadas, que realmente vistam a camisa do time e contribuam para o sucesso da companhia. No ramo das Ciências Contábeis, isso não é diferente.

É interessante ter em mente que a atuação de um contador no mundo de hoje já não é a mesma de anos atrás. Esse tipo de profissional tem ganhado um papel de destaque na área de planejamento estratégico, algo que faz toda a diferença nos resultados de uma empresa. Por esse motivo, ter proatividade para antecipar problemas e buscar soluções é uma característica que faz muita diferença na carreira.

Gosto pelos estudos

A área da Contabilidade está sempre sujeita a passar por transformações. Enquanto o papel do contador nas organizações tem mudado com o tempo, suas atividades também são afetadas por modificações nas normas vigentes. Cada vez que algo na legislação muda, por exemplo, os profissionais precisam assimilar as alterações e se adaptar para atendê-las.

Por isso, o ideal é que quem escolhe o curso e a carreira em Ciências Contábeis tenha gosto pelos estudos, não só durante a faculdade, mas ao longo da sua jornada profissional. Manter-se atualizado é um requisito básico para realizar um trabalho de qualidade nessa profissão.

As principais áreas de estudo em Ciências Contábeis

O curso de Ciências Contábeis inclui conteúdos que vão muito além dos números. Como mencionamos, esse campo de estudo é parte das Ciências Sociais Aplicadas, mas tem afinidade com outras áreas, como a de Exatas. Assim, sua grade curricular é composta por uma combinação de várias áreas de estudo que busca proporcionar uma formação completa e com foco no mercado de trabalho.

Nos primeiros períodos do curso, predominam as disciplinas básicas, que abordam temas ligados à Administração e à Economia, entre outros. Aqui, listamos algumas delas:

  • Comportamento Organizacional;
  • Contabilidade Geral;
  • Cultura Empreendedora;
  • Economia Empresarial;
  • Introdução às Finanças;
  • Matemática Aplicada à Gestão.

Em seguida, ganham espaço as disciplinas mais específicas, que tratam do mundo da Contabilidade de forma mais aprofundada, como as que citamos:

  • Contabilidade Comercial e Financeira;
  • Contabilidade e Análise de Custos;
  • Contabilidade Gerencial;
  • Contabilidade Societária;
  • Contabilidade Tributária;
  • Contabilidade Aplicada ao Setor Público;
  • Contabilidade para Usuários Externos;
  • Estrutura das Demonstrações Contábeis;
  • Matemática Financeira;
  • Teoria da Contabilidade.

Paralelamente a esse tipo de conteúdo, estuda-se, também, temas relacionados ao mercado de trabalho e à prática profissional, como os seguintes:

  • Auditoria;
  • Controladoria;
  • Direito Empresarial e do Consumidor;
  • Gestão das Práticas Trabalhistas;
  • Gestão de Micro e Pequenas Empresas;
  • Legislação Fiscal, Trabalhista e Previdenciária;
  • Mercado Financeiro;
  • Negociação Empresarial;
  • Perícia Contábil e Arbitragem;
  • Planejamento de Carreira e Sucesso Profissional.

Por meio de uma grade curricular tão diversificada e da prática de estágios supervisionados, além dos projetos de extensão, é possível desenvolver as habilidades profissionais de que o mercado necessita. Com uma formação de qualidade, fica muito mais fácil encontrar portas abertas nas melhores empresas e começar a construir uma carreira de sucesso.

A carreira em Ciências Contábeis

Falando em carreira, as possibilidades são muitas no ramo das Ciências Contábeis. Existe uma série de áreas de atuação no mercado de trabalho, que se expandem ainda mais quando o profissional opta por continuar os estudos depois de se graduar. A seguir, saiba mais sobre como é a carreira nessa área e o que pode ser feito para alcançar uma posição de destaque no mercado.

Áreas de atuação do contador

Para você ter uma ideia de como esse é um campo de trabalho bastante amplo, destacamos 10 áreas de atuação possíveis para quem se forma em Ciências Contábeis. Confira!

1. Análise Financeira

A análise financeira é uma atividade imprescindível para a gestão de uma empresa. É ela que permite mensurar o desenvolvimento da organização, uma vez que consiste na análise econômica do seu desempenho, ou seja, da sua capacidade de gerar lucro. Isso resulta em indicadores que são de grande auxílio no processo de tomada de decisões.

Um contador que atua na área de análise financeira, também chamada de análise contábil, tem a responsabilidade de fornecer os dados que podem indicar pontos de melhoria na gestão financeira. A partir disso, os gestores têm condições de tomar as decisões certas para o futuro do negócio.

2. Auditoria Contábil

Em uma empresa, é muito importante que todos os registros de despesas e receitas sejam feitos da forma apropriada. No entanto, manter o controle disso pode ser um desafio para alguns, o que é bastante prejudicial para o negócio. Uma maneira eficaz de resolver esse problema é realizar uma análise detalhada dos dados contábeis e de toda a situação financeira da empresa — um processo denominado auditoria contábil.

Uma auditoria pode ser interna ou externa. Na interna, o auditor é um funcionário da própria empresa. Na externa, por outro lado, um profissional é contratado temporariamente para realizar a auditoria. Em ambos os casos, porém, a função é a mesma: analisar todos os registros relacionados às finanças a fim de identificar falhas e verificar se todos os procedimentos estão de acordo com a legislação vigente.

3. Consultoria Contábil

Esse campo de atuação, também conhecido como consultoria financeira, atende uma clientela que precisa de assessoria para lidar com sua situação contábil, o que varia desde pessoas físicas até empresas de qualquer porte. Para trabalhar na área, o profissional pode ser contratado por um escritório de consultoria ou abrir o próprio, tornando-se um autônomo. Por isso, esse ramo costuma atrair quem se interessa por empreendedorismo.

A consultoria é muito buscada por empresas que querem reduzir custos, especialmente com impostos, obedecendo ao que a legislação determina. Além de colaborar para manter a situação fiscal regularizada, o consultor contábil também ajuda nas tomadas de decisão, sendo fundamental para o desenvolvimento do negócio.

4. Contabilidade Ambiental

O impacto que as empresas causam ao meio ambiente é mais um motivo que faz com que elas precisem dos serviços de profissionais de Ciências Contábeis. Afinal, esses impactos influenciam os resultados da organização e precisam ser monitorados de perto. Nesse cenário, a Contabilidade Ambiental surge para fazer o controle adequado das ações da empresa que interferem no meio ambiente.

Assim, o contador ambiental é responsável por fazer registros contábeis de todas as atividades que possam impactar a natureza, levando em conta custos, ativos e passivos ambientais, entre outros fatores. Por meio de relatórios detalhados que reúnem informações financeiras e ambientais, o contador auxilia nos processos de tomada de decisão da empresa.

5. Contabilidade Empresarial

A Contabilidade Empresarial é outro campo de atuação que ajuda bastante as empresas nas tomadas de decisão. Isso porque essa atividade fornece dados que indicam pontos de melhoria na gestão dos recursos financeiros, permitindo que os administradores analisem, por exemplo, qual é o melhor momento para fazer um investimento em um determinado setor.

Entre os dados registrados e analisados na Contabilidade Empresarial estão o nível de endividamento da empresa, o valor do seu patrimônio e o cumprimento das suas obrigações fiscais, como os impostos. Tudo isso possibilita uma gestão mais moderna e precisa, algo indispensável para que o negócio se mantenha ativo e prospere.

6. Contabilidade Trabalhista

Essa é uma área de atuação voltada para a relação entre empregados e empregadores. Cumprir todas as exigências da legislação trabalhista é fundamental para que uma empresa não tenha problemas judiciais e, também, para que preserve sua imagem junto ao público.

Diante disso, existe a necessidade de contar com profissionais de Ciências Contábeis que conheçam todas as obrigações trabalhistas que a empresa precisa cumprir. Alguns exemplos disso são a Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF), o Relatório Anual de Informações Sociais (RAIS) e o Guia da Previdência Social (GPS).

7. Contabilidade Pública

Uma ótima oportunidade de carreira para os contadores está no setor público. Esses profissionais são extremamente necessários para que as práticas contábeis sigam a legislação e para que haja transparência fiscal nos órgãos da administração pública. Levando em conta que a população está se tornando mais consciente da importância de acompanhar esses dados, a atuação do contador nesse âmbito tem se tornado cada vez mais relevante.

No setor público, o profissional tem, ainda, a vantagem da estabilidade na carreira, nos casos em que é aprovado em concurso público. Entre os cargos que podem ser ocupados nessa área estão os de Analista em Ciências Contábeis, Analista Previdenciário, Auditor Fiscal e Contador Previdenciário, entre muitos outros.

8. Cargos de Gestão

Profissionais de Ciências Contábeis também podem ocupar cargos de gestão nas empresas. Para tanto, é importante ter certa experiência na área, uma vez que se trata de posições de liderança. Um desses cargos é o de gerente financeiro, no qual o foco é identificar e solucionar falhas nos processos internos, a fim de preservar a saúde financeira do negócio.

Outro cargo importante nessa área é o de controller ou gerente de controladoria. A partir da compilação e da análise de dados contábeis, esse tipo de profissional busca estratégias para impulsionar o negócio. Por isso, atua em conjunto com diretores, ocupando uma posição de destaque na empresa.

9. Perícia Contábil

Uma vez que não é raro o setor financeiro de empresas ou órgãos públicos ser alvo de investigações por suspeitas de fraudes ou desvio de dinheiro, a perícia contábil é mais uma área de grande importância para a sociedade. Nesse ramo, o objetivo é verificar se houve ou não o descumprimento da legislação.

Na prática, o profissional que atua como perito pode ser contratado pela Justiça ou pelo próprio alvo da investigação em um processo judicial. Sua função é, basicamente, analisar as provas e emitir um parecer a respeito do caso.

10. Setor Acadêmico

Para quem tem interesse em lecionar ou realizar pesquisas na área das Ciências Contábeis, um caminho interessante é a carreira acadêmica. Como professor e pesquisador, o profissional transmite os conhecimentos a outras pessoas, possibilitando a formação de estudantes de vários cursos técnicos e superiores, a depender das disciplinas em que trabalhe.

Para ingressar nessa carreira, é necessário investir em cursos de pós-graduação, principalmente mestrado e doutorado. Assim como na carreira em Contabilidade Pública, também é possível conquistar vagas em concurso, garantindo uma maior estabilidade na profissão.

Possibilidades de especialização

Além de fazer a graduação, que é um grande passo rumo a uma carreira de sucesso, também é importante continuar buscando o desenvolvimento profissional depois da conclusão do curso. Uma ótima maneira de fazer isso é apostar em pós-graduações na área de Ciências Contábeis.

Por isso, confira, a seguir, os tipos de curso que você terá a chance de fazer, no futuro, para alavancar ainda mais a sua carreira.

Especialização

A especialização é um tipo de pós-graduação lato sensu, ou seja, que oferece uma formação em sentido amplo sobre algum tema. Deve ter duração mínima de 360 horas e garante o título de especialista, o que valoriza bastante o currículo.

MBA

O Master of Business Administration (MBA) é uma pós-graduação semelhante à especialização, do tipo lato sensu e com 360 horas de carga horária mínima. No entanto, é mais voltada para quem quer atuar na área de gestão ou administração.

Mestrado

Essa é uma pós-graduação stricto sensu, isto é, que oferece uma formação mais específica sobre o tema escolhido. Os programas de mestrado normalmente têm duração de 2 anos e são indicados para quem tem interesse na carreira acadêmica, pois permite lecionar em Instituições de Ensino Superior.

Doutorado

Assim como o mestrado, o doutorado também é uma pós-graduação stricto sensu. Porém, sua duração é um pouco mais longa: 4 anos. Com essa formação, o profissional pode dar aula não só nos cursos de graduação, mas também nos de pós-graduação, como as especializações e os mestrados.

O sucesso no mercado de Ciências Contábeis

Como vimos, o mercado de trabalho para Ciências Contábeis é repleto de oportunidades. São vários campos de atuação e possibilidades de especialização que permitem expandir os horizontes e alcançar o sucesso profissional.

Para isso, contudo, é importante ter um plano de carreira capaz de guiar as escolhas e ajudar o profissional a manter o foco no que quer. Também é preciso disciplina e determinação para enfrentar os desafios do dia a dia e realizar um trabalho diferenciado, que certamente vai fazer com que se destaque entre os colegas de profissão.

A atualização constante é outro requisito primordial para ser bem-sucedido no mercado de Ciências Contábeis. Seja fazendo cursos de pós-graduação, seja acompanhando as novidades da área por meio de publicações ou até mesmo de podcasts sobre carreira, um bom profissional jamais pode se acomodar.

Como exercer a profissão de Ciências Contábeis

Assim como ocorre em tantas outras profissões, quem se forma na graduação em Ciências Contábeis precisa se registrar no Conselho Regional de Contabilidade antes de começar a atuar na área. Sem o registro, considera-se que o profissional está exercendo ilegalmente a profissão, o que pode resultar em notificação e multa.

Para obter o registro, é necessário ser aprovado em um Exame de Suficiência que serve para atestar os conhecimentos adquiridos ao longo do curso. Esse exame consiste em 50 questões objetivas, das quais o profissional precisa acertar pelo menos a metade para conseguir a aprovação.

Com uma formação de qualidade, não deve ser difícil alcançar a pontuação mínima para conseguir se registrar no Conselho Regional de Contabilidade. Por isso, é sempre bom ressaltar a importância de escolher um curso bem-avaliado pelo Ministério da Educação, em uma instituição de ensino renomada.

Desse jeito, você vai sair da graduação em Ciências Contábeis pronto para passar pelo Exame de Suficiência e obter o registro que vai permitir construir uma carreira de sucesso. Fazer faculdade vale a pena e isso é só o início de uma jornada cheia de oportunidades e conquistas.

Gostou deste post? Que tal acompanhar as nossas próximas publicações? Assine a nossa newsletter e receba as novidades do blog diretamente no seu e-mail!

graduação de ExatasPowered by Rock Convert
Você também pode gostar