Como atrair recrutadores no LinkedIn ainda na faculdade?

atrair recrutadores no linkedin
6 minutos para ler

Como divulgar seus interesses e perfil profissional ainda na faculdade? Essa é uma dúvida que martela a cabeça de muitos estudantes. Afinal, eles ainda não têm experiência para colocar no currículo. E se a gente contar que dá para atrair recrutadores no LinkedIn mesmo nessa situação?

Estamos falando da grande rede profissional, presente em centenas de países, que é uma plataforma ideal para você ficar por dentro do que é discutido sobre sua área e até mesmo das principais vagas.

Ninguém precisa esperar o diploma para criar um perfil nesse canal. Quer saber como usar o LinkedIn para dar os primeiros passos na sua carreira e acompanhar as tendências do mercado de trabalho? Venha com a gente e anote o que precisa fazer para criar um perfil incrível nessa rede!

Faça um resumo forte e convincente

Não é por você ainda estar na faculdade que não pode marcar presença nessa rede. Para isso, a primeira dica é se dedicar na hora de criar o resumo do seu perfil. Esse é o campo que vai definir o profissional, destacando a área de formação, suas principais habilidades, interesses, motivações e objetivos de carreira. Aqui, vale fazer um exercício de autoconhecimento, para refletir sobre seus sonhos e potencialidades.

O texto que deve ser forte e convincente, para atrair recrutadores. Trata-se de um relato mais pessoal, mas cuidado para não usar uma linguagem informal. Ainda, para ser encontrado com mais facilidade, abuse de palavras-chave que tenham a ver com seu segmento de atuação e com o que você busca no mercado.

Não se esqueça de criar um título para seu perfil no LinkedIn que esteja de acordo com o que você espera que seja visto pelas empresas recrutadoras. Afinal, quando realizamos uma busca na ferramenta, aparecem apenas seu nome, foto, esse título e o número de conexões.

Complete suas experiências anteriores com atividades acadêmicas

Muitos alunos ficam inibidos em fazer o perfil nessa plataforma pelo fato de não terem nenhuma experiência profissional no currículo. Porém, isso é natural, pois esse é o período em que a pessoa está fazendo a graduação. No máximo, ela pode já ter alguma vivência de estágio.

Então, além de incluir o estágio, dá para colocar atividades acadêmicas, contando sobre o aprendizado e a vivência. É possível inserir a participação em:

  • projetos de iniciação científica;
  • atividades de extensão;
  • monitoria;
  • organização de eventos da faculdade;
  • empresas juniores.

Se você realiza ou já realizou algum trabalho voluntário, também pode inserir essa informação.

Preencha todas as seções do seu perfil

Para atrair recrutadores do LinkedIn ainda na faculdade, deixe seu perfil completo. Faça um bom resumo e coloque formação, experiências e habilidades, para mostrar que pode ser o candidato ideal para vagas que possam surgir. Na dúvida, busque a orientação de carreira da faculdade para uma força na hora de preencher as seções.

Só não caia no erro de inventar informações: é preciso ser honesto em todos os campos, para evitar mal-entendidos. Imagine ser chamado para uma entrevista por vídeo referente a uma vaga de estágio devido a uma competência que você não tem. Vai pegar muito mal.

Inclua recomendações de professores ou orientadores no seu perfil

O interessante dessa rede profissional é que você pode ganhar destaque por recomendações. Então, que tal aproveitar e pedir para professores e orientadores de projeto da faculdade deixarem uma declaração falando sobre suas qualidades?

Guia de carreiras: Engenharias.

Se você já fez estágio ou ainda está estagiando, também pode pedir recomendações para superiores ou colegas da empresa. Isso vai somar pontos importantes em seu currículo do LinkedIn, ajudando no seu futuro profissional.

Participe de discussões em grupo

Você vai caprichar nas informações sobre sua formação e experiências, mas só isso não é suficiente. De nada adianta preencher esses dados e deixar o LinkedIn abandonado. Nesse sentido, sempre siga e participe de grupos de discussão da sua área, comentando e compartilhando os posts.

Essa é uma estratégia interessante para ficar por dentro das tendências voltadas para o seu curso e outros segmentos de seu interesse. E a gente sabe o quanto é importante se manter atualizado para identificar as melhores oportunidades no mercado. Por isso, crie o hábito de entrar na plataforma com frequência, para não perder as novidades do seu feed.

Procure interagir na rede, o que vai ajudar a criar novas conexões! Se tiver alguma boa ideia relacionada ao mercado de trabalho, comece a escrever posts também.

Siga empresas e profissionais da sua área

Falando em conexões, é recomendado fazer uma pesquisa sobre os profissionais e empresas que são destaque em seu segmento e começar a segui-los. Desse modo, você passa a acompanhar conteúdos relevantes e também tem mais chance de ser visto por companhias e gestores da sua área.

Mantenha seu perfil atualizado

Lembra que falamos de não deixar seu LinkedIn abandonado? Muitos alunos pensam que, como ainda não se formaram, não precisam ficar muito ligados na rede. Nada mais errado. Acompanhe tudo o que rola por lá e também tenha o cuidado de deixar as informações do seu perfil sempre atualizadas.

Participou de algum projeto importante ou concluiu um curso livre? Corra para inserir esses dados na sua página. Lembre-se de que a plataforma funciona também como seu cartão de visitas. Por isso, tudo o que for melhorar seu currículo precisa estar lá.

Escolha uma foto adequada

Agora, temos que falar da questão da foto. Você sabia que escolher uma imagem adequada também pode ser um fator para atrair recrutadores no LinkedIn? Nada de usar a mesma foto do Facebook ou Instagram, que são redes mais despojadas.

Aqui, o lance é bastante sério, e você precisa de uma imagem que demonstre qual é sua postura profissional. Afinal, empresas e outros profissionais estarão de olho em você.

Tem dúvidas de qual escolher? Faça uma foto com boa resolução e com uma roupa que você usaria para uma entrevista de estágio ou emprego. Não tem como errar!

Não perca tempo, crie uma conta nessa plataforma e preencha as informações corretamente para atrair recrutadores no LinkedIn. Aproveite o período da faculdade para preencher esse perfil com calma e não se esqueça de revisar tudo o que escreveu, para evitar erros de português, que podem tirar pontos de seu currículo.

Gostou das nossas dicas? Então, compartilhe este post em suas redes sociais para contar para seus amigos como marcar presença no LinkedIn!

Você também pode gostar

Deixe um comentário