[Infográfico] Descubra quais são as carreiras que um médico pode seguir

4 minutos para ler

São diversas as possibilidades de atuação para quem deseja seguir carreira na profissão mais concorrida do país. Segundo o Conselho Federal de Medicina (CFM) existem atualmente 55 especialidades médicas e 59 áreas de atuação, que incluem tanto os setores públicos quanto os privados.

Ainda de acordo com o CFM, as quatro especialidades que abrangem o maior número de titulados são a Clínica Médica, a Pediatria, a Cirurgia Geral e a Ginecologia e Obstetrícia, que representam quase 39% de todos os títulos de especialistas no Brasil.

Na sequência, as seguintes especialidades fecham o ranking das 10 áreas mais abrangentes:

  • Anestesiologia
  • Medicina do Trabalho
  • Ortopedia e Traumatologia
  • Cardiologia
  • Oftalmologia
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem

Além das numerosas possibilidades de especialização, os profissionais da Medicina podem atuar em diversos setores, como em clínicas e consultórios particulares, hospitais públicos, gestão e administração hospitalar e até mesmo nas Forças Armadas. Sem falar na carreira acadêmica, que também atrai muitos médicos para a atuação dentro das universidades públicas e privadas do país.

A estabilidade financeira é, sem dúvida, uma das maiores vantagens da carreira. Afinal, independentemente da área escolhida, o profissional será bem remunerado. É claro que os rendimentos vão variar conforme a formação do profissional, a complexidade dos procedimentos e o local de trabalho.

No entanto, trata-se de uma carreira certeira e que sempre será promissora. Se você se interessa pela Medicina, comece a pensar nas diferentes possibilidades que a profissão oferece. Afinal, toda jornada bem-sucedida requer planejamento, foco e muita dedicação.

Para auxiliar na escolha, preparamos este infográfico que descreve as principais carreiras que um médico pode seguir. Confira e planeje-se!

carreiras que um médico pode seguir

Médico generalista ou especialista? No setor público ou privado? Quem sabe na gestão hospitalar? Veja o infográfico e descubra sua vocação!

Clínica geral ou especialização

Um médico pode optar pela clínica geral ou tornar-se especialista em determinada área. Vamos às características da especialização:

  • a residência médica é obrigatória;
  • as competências são mais amplas;
  • os salários são mais altos.

Setor público

Médicos desse setor trabalham em postos de saúde, prontos-socorros e hospitais públicos. Entre as funções destacam-se:

  • ser médico de família no SUS;
  • atuar em órgãos públicos como concursado;
  • planejar políticas públicas em saúde.

Setor privado

O setor privado inclui clínicas, hospitais e consultórios particulares. Entre as funções destacam-se:

  • trabalhar em conjunto com outros médicos;
  • atender em consultas de rotina;
  • atuar em laboratórios de análise clínica.

Gestão hospitalar

Na gestão, os médicos planejam e administram os serviços prestados. Entre as funções destacam-se:

  • gerenciar o fluxo de tarefas do hospital;
  • supervisionar o quadro de funcionários;
  • cuidar do bem-estar de pacientes e colaboradores.

Forças Armadas

O médico militar se dedica ao Exército, Marinha ou Aeronáutica. Entre as funções destacam-se:

  • prestar assistência às unidades militares;
  • avaliar a aptidão física e psíquica da base;
  • coordenar ações de saúde e prevenção de doenças.

Carreira acadêmica

Médicos que cursam mestrado e doutorado podem atuar como professores universitários. Entre as funções destacam-se:

  • ser docente em cursos de Medicina;
  • coordenar laboratórios de pesquisa;
  • orientar pesquisas científicas na área.

Ficou inspirado? Então comece logo a planejar sua carreira! Aproveite e compartilhe este infográfico com seus amigos nas redes sociais!

Você também pode gostar