Se você pensa em estudar Farmácia, precisa conhecer o curso da Estácio!

estudar farmácia
8 minutos para ler

Estudar Farmácia é uma decisão promissora, já que a área vem crescendo e propiciando ótimas oportunidades na carreira profissional. Algumas delas abrangem, por exemplo, o envolvimento prático na transformação de medicamentos, cosméticos e alimentos. A atuação em pesquisas é outra excelente opção.

Quem se identifica com matérias como Física, Química e Biologia tem tudo para triunfar, já que o curso é uma mistura delas. Contudo, não se engane! Apesar de lidar bastante com Exatas, o profissional precisa ser bastante humanizado e se preocupar com o bem-estar das pessoas.

Os 5 anos de estudos e de prática, na faculdade, propiciam ao aluno habilidades fundamentais para a profissão. Se a graduação ocorrer em uma instituição de qualidade, esses ganhos são ainda maiores.

Conversamos com Dayse Bastos, coordenadora do curso de Farmácia da Estácio, que nos ajudou a entender algumas particularidades da graduação na Estácio. É só continuar a leitura!

3 motivos para cursar a faculdade de Farmácia

O momento de escolher a graduação é um dos mais difíceis, não é mesmo? Afinal, essa decisão impacta muitas esferas da nossa vida. Mas calma! É aos poucos que tudo começa a fazer sentido. Sendo assim, comece com estes 3 motivos para estudar Farmácia!

1. Contato com disciplinas interessantes

Durante a graduação, os estudantes têm contato com muitas disciplinas interessantes, envolvendo, em todas, um pouco de Química, Biologia e Física. Entre elas, você verá Cosmetologia, Controle e Qualidade dos Medicamentos, Tecnologia dos Alimentos, Análises Toxicológicas, Fitoterapia.

2. Alternativas de carreira e empregabilidade

O mercado tem se mostrado cada vez mais propício para as profissões da área da saúde, a exemplo de Farmácia. Além da atuação tradicional já conhecida, o profissional pode seguir carreiras dentro de fitoterapia, veterinária, criminal, hospitalar, produtos estéticos. Sem contar que a taxa de desemprego de farmacêutico é menor que a média nacional.

3. Salários atrativos

O salário do farmacêutico também é promissor. Jovens, com pouco tempo de formação, têm a média salarial de R$3.471. O teto salarial, no regime CLT, fica por volta de R$6.704. Quem prefere a carreira pública tem a possibilidade do concurso da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que oferece remuneração de até R$15.000.

Entenda por que você deve estudar Farmácia na Estácio

Bem, agora vamos falar sobre o porquê de a Estácio estar em alta! Veja alguns prós, a seguir!

Formato do curso

Todo o curso é regido por uma Diretriz Curricular Nacional (DCN). Na Estácio não é diferente. A DCN de Farmácia divide a formação em três eixos de conhecimento:

  • cuidado em saúde;
  • tecnologia em saúde;
  • gestão em saúde.

Segundo Dayse Bastos, a ideia do curso é tornar o aluno um profissional do futuro, que saiba, por exemplo, analisar situações e propor soluções e melhorias. Ela, também, comenta sobre o fato de a instituição se preocupar em capacitar o estudante para os desafios do mercado.

“Nossas ações têm foco em fazer com que o aluno termine a graduação com o perfil ideal. O profissional que a Estácio quer formar é aquele que consegue atuar nas diversas áreas de Farmácia. Ou seja, poderá seguir carreira em Fármacos, Assistência Farmacêutica, Análises Clínicas, Análises Toxicológicas, Genética, Cosméticos, Alimentos”, conta ela.

Disciplinas

As disciplinas estão englobadas nos 3 eixos já mencionados. Contudo, existe uma sequência lógica para que o estudante aprenda, primeiro, conceitos fundamentais e, depois, possa partir para a experiência prática.

“O curso começa com disciplinas fundamentais. Elas vão trabalhar conceitos teóricos e práticos, dando suporte e facilitando a compreensão, lá na frente, de conhecimentos mais profundos. No começo, tem muitos conteúdos do eixo de Exatas, como Química e Matemática voltadas para Farmácia. Também, há matérias de Ciências Biológicas e Humanas, como Legislação Farmacêutica, Sistema Público de Saúde e Histologia”.

A coordenadora explica que, depois das disciplinas fundamentais, o conhecimento adquirido pelo aluno começa a tomar forma específica e contextualizada ao exercício da profissão. “Então, ele já começa a aplicar o que aprendeu em Microbiologia, Imunologia, Fisiologia, Farmacologia, Farmacobotânica, Bioquímica Clínica. A tendência é ele ir se especializando e aprimorando seus conhecimentos”.

Além disso, as disciplinas envolvem muita prática, para que o estudante se forme bastante preparado. “Nosso diferencial, comparado a outras instituições, é o fato de oferecermos, desde cedo, atividades práticas. Nosso currículo tem bastante carga horária para isso”, aponta Dayse.

Infraestrutura

A coordenadora também conta que além dos laboratórios comuns a todos os cursos da saúde, como o de Anatomia e o de Microbiologia, ao estudar Farmácia na Estácio, o aluno tem acesso a outros três espaços específicos:

  • um laboratório de produtos naturais e fitoterapia — onde acontecem as disciplinas de Farmacobotânica e Farmacognosia;
  • um laboratório de Farmacotécnica e Controle de Qualidade — “Nele, o estudante aprende a fazer os medicamentos manipulados, passando por todas as técnicas e práticas de fabricação. Também, há o aprendizado em Homeopatia e na destreza com equipamentos de controle de qualidade. É ensinado, por exemplo, como fazer testes e análises de medicamentos”;
  • o laboratório de Práticas em Cuidados Farmacêuticos — “Nele, o aluno começa sua trajetória prática, no terceiro período, desenvolvendo atividades sob a supervisão de um professor. Elas são voltadas para a assistência e atenção farmacêutica, com ênfase na saúde básica”.

Corpo docente

“O corpo docente de Farmácia é exigente, mas, também, bastante qualificado”. Dayse conta que a intenção dos professores não é apenas encaminhar o estudante a um diploma, mas, também, transformá-lo.

“A responsabilidade dos docentes é a de formar profissionais farmacêuticos que entendam o próprio papel como agentes e promotores de saúde, para que façam a diferença e cumpram sua missão”.

Estágios e mercado de trabalho

“Outro detalhe importante a ser destacado é a receptividade dos nossos alunos pelo mercado de trabalho”, conta Dayse. “Eles são absorvidos e contratados por excelentes empresas, inclusive as principais indústrias farmacêuticas do Rio de Janeiro. Eles entram como estagiários, por volta do sexto período, e, muitas vezes, são contratados no final da faculdade. Essa aceitação é muito gratificante, pois costuma ser um setor bastante concorrido”.

Muitos deles também conseguem conquistar notoriedade. “Temos estudantes que são destaque em redes de drogarias e gerentes farmacêuticos muito bem-sucedidos. Muitos, ainda, conseguem boas classificações no processo de residência e em concursos públicos. Atribuo isso ao nosso apoio e suporte dado durante o curso”.

O protagonismo do aluno na Estácio

A Estácio permite grande protagonismo aos alunos. Os estágios, por exemplo, possibilitam autonomia e iniciativa nas atuações. Na instituição, existe um centro multidisciplinar, no qual os estudantes, de diversos cursos, prestam atendimento a pacientes.

“Ali, os alunos dão orientações sobre o uso racional de medicamentos, fazem análise de prescrições e constroem estudos de caso. Nesse acompanhamento, eles aprendem não apenas o conteúdo, mas desenvolvem habilidades fundamentais. Essa experiência, diretamente com o paciente, é essencial para o aluno se sentir um profissional e agente responsável pela promoção da saúde”.

O futuro profissional do aluno de Farmácia na Estácio

Alcançar o sucesso se torna um objetivo mais fácil quando se tem um plano de carreira. Ele mostra o caminho a ser percorrido, fazendo com que notemos o que precisamos para chegar lá.

Pensando na empregabilidade, a Estácio conta com projetos como Portal de Vagas Estácio e Portal Estácio Carreiras. Com isso, os alunos recebem orientações e contam com as ferramentas certas, durante todo o curso, para obter suas conquistas.

Assim, não basta ter o objetivo de ter um diploma em mãos. É importante apostar em uma boa faculdade. Estudar Farmácia na Estácio é dar a si oportunidades para uma carreira promissora, que proporcione sucesso e realização.

Ficou interessado em como o curso funciona? Acesse a página do curso de Farmácia, para conhecê-lo melhor!

CARREIRAS DA SAÚDE
Você também pode gostar

Deixe um comentário